"Silêncio"

Enquanto te chamo no silêncio deste meu coração que te espera…
Entrego-me a esta noite que cai, por fim. 
Acompanhado de um copo de vinho, tento esquecer-me de mim…
Esquecer-me da neblina que me cobre o olhar, que me faz não sonhar.
Não sentir o que antes sentia dentro do meu coração.
Não quero ter razão… E sei que é essa que me faz ficar neste mesmo sitio,
Calado. Sossegado. Enganado.
Enquanto me engano que estou bem.
Mas essa saudade não me sai da pele, a minha vida rasga-se em pedidos,
E a minha voz cala-se em cada oceano de desejo.
Enquanto te peço em beijos… peço que não me procures agora,
Porque neste momento não sou eu, porque neste instante não consigo ser teu – 
Talvez pela dor que sinto no meu peito.
E eu sei… Sei que jamais serei perfeito, que erro tanto. Que sinto tanto.
E esse tanto que te digo… trespassa-me o peito,
Entra por entre a minha pele, crava-se na minha carne. E apodera-se… do meu sangue.
Mas eu sei que te amo…
E é esse amor que me faz continuar aqui. Que me faz acreditar em mim – 
Deixando para trás tudo aquilo que não queria mais sentir.
Enquanto não partir… serei sempre um novo começo. Um pequeno descomeço,
Que me leva à certeza… de que este é o caminho certo. 

Resultado de imagem para Silencio tumblr

Comentários

  1. Lindo texto! Bem isso, quando se ama o silêncio grita no coração solitário, porque sabemos quem o habita. Obrigada por compartilhar tua obra linda, conosco. Tânia

    ResponderEliminar
  2. O seu silêncio diz muito... e que música!

    Abraços =)

    ResponderEliminar
  3. Muito lindo....situação q muitos passam neste exato momento.
    (....)essa saudade não me sai da pele.perfeito!

    ResponderEliminar
  4. "Mas eu sei que te amo...
    E é esse amor que me faz continuar aqui. Que me faz acreditar em mim - Deixando para trás tudo aquilo que não queria mais sentir.
    Enquanto não partir... Serei sempre um novo começo. Um pequeno descomeço, que me leva à certeza... de que este é o caminho certo."
    Adoro, sou fã do que escreves! Não há dúvida alguma de que tens o dom da palavra. Por vezes, parece que lês os pensamentos de quem te lê. Lemos o que escreves e temos a sensação de que foi escrito por nós. Que me continues a brindar com a tua escrita! :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário