"Pensa em mim..."

Segura-me o medo... 
Este que me faz esconder na solidão da saudade que sinto em mim.
Liberta-me destes pensamentos, desta espera em que espero por ti, destas noites que parecem não querer ter um fim.
Sem ti... tudo parece tão vazio, parece um rio de desejo, os gritos mudos que abafo em sorrisos, as fantasias que me fazem sonhar com o nosso abraço.
Pensa em mim... 
Muito para além desta distância, destas pontes que nos separam, destes sentimentos que nos agarram (um ou outro - para sempre...).
Tudo aqui parece tão pouco... tão pouco como as horas que não passam, como os segundos que me abraçam - que me levam à certeza de quem és e sempre serás... parte de mim.
Não sei viver sem ti... 
Sentir-te em tudo aquilo que sou, em tudo aquilo que vivemos juntos. 
E só te peço que me segures... que me agarres de vez!
Conto até três e deixo-me ir no sono.
Talvez seja ele quem me conhece, quem me embale nesta falta que sinto, neste meu peito tão destemido - e que hoje parece tão pequeno.
Só penso em ti... 
Só penso que quero sair daqui...
Lançar-me à estrada, esquecer-me de cada escolha errada - e ser teu... por inteiro!
Segura-me este medo... 
Este segredo que tenho e que só tu conheces.
Tal como reconheces quem sou, tal como sentes tudo o que te dou.
Amor... espera por mim...


Comentários

  1. Adorei o texto e a música. O texto porque ele me fez refletir sobre um amor sobrevivente a distância, uma distânciaque ainda não pode ser calculada por consequênciade nãoter exatidãode onde ele possa estar. A música porque retratou tudo isso, só que de uma forma mais profunda — um casal juntos em uma cama e que a partir de um momento eles deixar de estar próximos por consequência de algo que tenha acontecido no meio dessa história. Bom, tudo isso ao meu ver.
    Parabéns!!!

    ResponderEliminar
  2. Simplesmente Lindo,Emocionante e Intenso... Parabéns!

    ResponderEliminar
  3. Quase como ter saudade do que nunca tive . . . nem em sonhos . . .

    ResponderEliminar

Enviar um comentário