"Amanhã, talvez..."

Não quero ter de ir... partir para longe deste lugar, viver meras fantasias que me alimentam esta alma vazia. Cansada de tanto esperar. 
Não quero ter de ficar... de aguardar que o tempo passe por mim, que se lembre que eu também sei sonhar. 
Que alguém se lembre e me dê a mão, que simplesmente me faça... acreditar.
Não quero ter de sair... fugir de tudo aquilo que sinto, esquecer-me de tudo o que deixo para trás - sempre que parto sem direcção, sempre que me entrego à paixão, sempre que corro na busca de tudo aquilo que quero para mim.
Queira que um dia vejam o tanto que vive por aqui, que sintam tudo aquilo que tenho no meu peito, que mesmo imperfeito... é a continuidade daquilo que se chama lutar.
Não quero sentir esta saudade... esta falta que me invade na noite, que me leva a questionar tudo aquilo que tenho, a questionar a força que teima em escassear, a vontade de querer mais (e não conseguir).
Não quero ter de partir... mas ao mesmo tempo também não quero permanecer, não quero viver o que vivo, ou sentir esta revolta que sinto.
Quem sabe esteja inquieto, ou então farto de que os dias sejam assim... uma mixórdia de medos, uma mão cheia de nada, uma espera constante que me faz desesperar.
E tudo o que eu mais queria era ficar... neste sonho que me alimenta, neste alento de saber que tudo pode mudar. Depois de hoje...
Amanhã, talvez... 

Resultado de imagem para homem a chorar tumblr

Comentários