"Cinco Minutos..."

Deixa-me que te ame. Por mais cinco minutos. Apenas... mais cinco minutos.
Deixa-me viver-te em mim, sentir-te nos meus braços, dar-te muito mais do que promessas.
Dá-me 5 minutos...
Cinco minutos para te amar, para te mostrar que o sonho é maior que tudo,
Que podemos fugir no Mundo, para nos encontrarmos em nós mesmos.
Dá-me esse tempo. Um tempo sem pressas, sem desculpas, 
Para que possamos ser um só coração, a certeza de que a paixão nos faz viver,
Nos faz correr na direcção de um mesmo destino, de um sonho que podemos agarrar: 
nas nossas mãos. 
Dá-me cinco minutos...
Para que a vida nos corra nas veias, para que sintamos a adrenalina, 
A verdadeira loucura - que é viver a liberdade de um amor que cresce em nós.
Vem agora!
Porque eu não quero esperar que o tempo passe, que saias de casa à pressa, 
Sem que nos possamos amar só mais uma vez, sem que nos possamos entregar de vez!
Em beijos e abraços, em fortes amassos,
Para que saiamos para a rua na certeza de que queremos voltar, de que queremos regressar, 
Para debaixo de um mesmo cobertor, 
Para continuarmos a construir uma mesma história. 


Comentários

  1. É sempre com enorme prazer ler tudo o que escreves. continua assim.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário