"Aqui não estamos sós..."

Não digas nada... 
Apenas vem amar-me, nesta hora, sem qualquer demora.
Entra... e abraça-me o corpo, envolve-te no meu desejo,
Dá-me um beijo e aninha-te nos meus braços - tão teus.
Não digas nada... e fica a meu lado,
Envoltos nos lençóis que nos tapam a nudez do corpo,
Naquele quarto que nos abriga, que nos protege de tudo o que está para além de nós.
Aqui não estamos sós...
Sou eu e tu, tu e eu, e este amor que é tão nosso,
Este sentimento que nos corre nas veias, que nos incendeia,
Que nos leva à vontade de viver tudo num só momento,
Num instante (que queremos que seja eterno).
Não digas nada...
Há vezes em que temos de ouvir, apenas, o coração,
Deixar que o olhar diga tudo,
Deixar o resto do Mundo,
E mergulharmos no amor. E sermos amor.
Amo-te...



Comentários