"Eu quero é ser o último!"

Não preciso que me prometas que vais ficar,
Que me vais dar tudo o que não tenho,
Que vais ser aquilo que eu sempre sonhei.
Não preciso que me jures a perfeição,
A verdade de tudo o que dizes, 
A vontade de tudo o que mostras.
Não preciso que me digas que fui eu o primeiro,
Que fui quem sempre esperaste,
Que sou quem sempre quiseste... ter.
Não preciso que me convenças com grandes conversas,
Com palavras treinadas,
Com poemas sussurrados ao meu ouvido.
Não preciso que me digas que não irás partir,
Que é ao meu lado que sempre vais existir,
Que eu serei muito mais do que um simples... amor.
Não preciso que fiques por favor,
Sendo muito mais do que aquilo que és,
Não mostrando o que tens (para me dar).
O que eu quero não é isso...
Eu quero é ser o último!
Eu quero é que me proves esse sentimento,
E não preciso de muito tempo,
Apenas de umas horas em que te entregues ao prazer,
Em que eu te possa amar. Em que tu me saibas cuidar.
O que eu preciso é, apenas... de ti.
Sem passados. Sem sentimentos de culpa. Sem arrependimentos.
Preciso de ti como tu és (mesmo na imperfeição).
E é assim que eu te amo... e é assim que eu te quero.
Para sempre, talvez - porque tudo está nas nossas mãos. 


Comentários

  1. Existem muito poucas pessoas a amar assim! Desejo que seja uma pessoa sempre de alma apaixonada.

    Mais uma vez. ..parabéns ☆☆☆☆☆

    Abraço
    Luísa

    ResponderEliminar
  2. Puro e sincero. Simplesmente amei.
    Continue escrevendo que continuarei lendo..
    Bjs.
    seforasilva.blogspot.com

    ResponderEliminar

Enviar um comentário