"Vivo-te para me sentir vivo"

Vivo-te em mim… Vivo-te nestes dias em que olho pela janela, e sinto o cheiro do teu perfume. Sei que te amo desde o primeiro momento, desde o primeiro instante em que me tocaste, em que me olhaste de uma forma envergonhada – daquela que não esqueço… até hoje. Antes de ti não acreditava num amor assim, numa paixão que cresce, que me estremece o corpo e me faz pedir mais, mais de ti, mais de mim, mais… de nós.
Vivo-te para me sentir vivo, respiro tudo o que já vivemos, todas

as memórias que guardo no meu peito e… que só nós entendemos, que só nós conhecemos. És a minha maior verdade, quem me alimenta, quem desinquieta todo o meu desejo – matando-o em beijos e abraços – aqueles que nos envolvem: na noite. Vivo-te tanto em mim… mesmo quando estás distante, quanto tens de partir e eu de ficar, na certeza de que este sentimento é bem maior que os polos opostos deste mundo, que é bem mais forte do que qualquer barreira que possa existir. Talvez me aches sonhador ao dizer-te que tenho a certeza que vou envelhecer a teu lado, que irei dormir e acordar sempre na mesma cama que tu mas… sabes? É essa certeza que me faz ser tão feliz, que me faz ser louco, louco por ti, louco pela tua forma de me acariciar o rosto, enquanto me encosto no teu colo. Vivo-te em todos os suspiros que dou, na respiração que me mantém vivo e naqueles momentos em que a perco – sempre que nos entregamos ao prazer do corpo, ao devaneio da carne, ao saciar do desejo. És e sempre serás o meu princípio e o meu fim, o meu momento certo e a minha maior certeza. Serás sempre tu e somente tu… mesmo que tanto aconteça. Porque és tu quem eu amo, porque foste sempre tu… quem eu esperei.


Comentários

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

"Dói-me tanto saber que nunca mais irás voltar..."

"Nunca desistas de ti!"

"Valoriza tudo aquilo que tens..."