"Procuro-te em tudo aquilo que sou…"

Procuro-te em tudo aquilo que sou…
Na noite que cai sobre o meu corpo, naquilo que me falta.
Faltas-me tu… o cheiro da tua pele, a verdade do teu olhar,
Sempre que te deitas sobre o meu peito,
Sempre que nos perdemos a contar as estrelas - do nosso céu.
Procuro-te assim…
No silêncio das minhas palavras que são tão tuas,
Destes versos em que falo do nosso amor,
Deste sentimento que nos envolve em paixão,
Na certeza de que seremos eternos, de que somos... imortais.
Procuro-te em que aquilo que sou,
Neste meu coração que bate por ti, nesta saudade que não tem fim.
No desejo de lutar por tudo aquilo que temos,
Por tudo o que já demos – dando-nos: por inteiros.
Procuro-te neste meu abraço…
Porque sei que é lá que a tua presença permanece,
No toque e no desejo,
Naquele beijo que sempre nos marcou,
Que mudou toda a nossa história,
E que fez de nós um só destino.
Uma só… memória.

Comentários

Enviar um comentário