"Preciso de alguém como tu..."

Preciso de alguém como tu... preciso, apenas, de ti. 
De tudo aquilo que somos, dos beijos que trocamos. 
Preciso do teu corpo do meu, do teu coração... em mim.
Preciso de tudo o que sou a teu lado, das nossas aventuras e desventuras,
Das ternuras que trocamos um com o outro, em que tanto sabe a tão pouco,
Em que pedimos sempre mais... para viver.
Preciso de tudo o que sabemos fazer, dos actos de prazer em que nos findamos,
Em que morremos no desejo, em que somos carne e beijo,
Em que somos bem mais do que aquilo que éramos: separados.
Preciso de ti, do cheiro que deixas na minha roupa, nos lençóis da minha cama,
Naqueles em que nos amamos, em que nos entregamos - 
Um ou outro em actos de uma paixão: tão voraz.
Preciso de tudo o que contigo sou capaz, das loucuras que comentemos os dois,
Dos medos que deixamos para depois - para depois de tudo o que temos.
Preciso de ser melhor a teu lado, de não ter receio de chorar no teu ombro,
De puder agarrar-te sem qualquer demora. Sem ter de esperar. Sem ter de desesperar.
Podendo, somente, dar-te tudo o que precisas.
Preciso de alguém como tu... preciso de alguém como eu sou,
Sempre que estou contigo, sempre que enfrentamos qualquer perigo,
Mostrando ao Mundo que somos bem mais que amor, 
Que somos o fulgor do sentimento, a eternidade do momento,
Que somos imortais... neste amor que nos une.



Comentários

  1. André, realmente ...você é único!

    Abraço
    Luísa

    ResponderEliminar

Enviar um comentário