"Deixa-me louco!"

Abraça-me e beija-me... agora!
Devora-me em promessas de paixão,
Em actos de tesão que nos rompam em desejo,
Que se eternizem num beijo.
Amor... deixa-me louco.
Abraça-te ao meu corpo e faz-me só teu,
Sacia-me a vontade, de sermos mais que metade,
De sermos um só coração.
Beija-me e rouba-me a razão,
Tira-me o sentido, deixa-me perdido.
Eu quero encontrar-me na tua pele,
Eu quero viver-te... em mim.
Em juras de um amor que não tem fim,
De um sonhar que só sonho contigo.
Enfrenta comigo o perigo, faremos tudo por amor,
Seremos a ausência de dor,
Os espasmos do prazer, 
Seremos o que tiver de ser.
E eu serei teu... na nudez do nosso desejo.


Comentários

Enviar um comentário