"Sinto-me livre quando estou contigo"

Sinto-me livre quando estou... contigo.
Quando cais no meu abraço, quando ficamos horas infindáveis a amar-nos: em silêncio.
Sinto-me tão vivo a teu lado, sinto o meu corpo repleto de adrenalina.
De uma chama que não se apaga, que fica no nosso olhar - 
Sempre que perdemos a noção do tempo... sempre que nos entregamos a tudo aquilo que nos faz sorrir.
Confesso-me um apaixonado por ti, um homem que te espera todas as noites,
Para que chegues a casa, descalces os sapatos e te sentes no sofá, mesmo a meu lado
(e encostes a tua cabeça no meu ombro, enquanto fechas os olhos).
És só tu quem me fascina, que sempre me fascinaste desde o primeiro momento, 
Desde aquele dia em que te declaraste a mim e eu... e eu confessei tudo o que já sentia há algum tempo.

Amo-te de uma forma intemporal, todo eu sou intempestivo no que toca ao sentimento,
Se é para te amar, que te ame com tudo tenho em mim, que te ame até ao fim,
Mesmo que lute, todos os dias, para nos tornar imortais.
Porque é a teu lado que encontro o meu destino, ou então o caminho que sempre sonhei pisar. A teu lado vivo mais que viver, sinto mais que sentir,
A teu lado... consigo ser tudo o que um dia não fui.



Comentários

  1. Demaisss....
    Amo- te
    Parabénssss!!

    ResponderEliminar
  2. A tua escrita é tão....tua!
    Vou dar-te muitas vezes os parabéns, por cativares pela escrita!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário