Quero que saibas que sou teu

Mesmo longe... sente-me perto,
Sente o meu abraço na noite em que ficas só,
Nas memórias que guardas em ti - 
De dias e noites que vivemos: o amor.
Mesmo longe... quero que saibas que sou teu,
Que te amo a qualquer segundo em que respiro,
Em que o meu coração grita o teu nome
(na saudade que toma conta do meu peito).
Mesmo longe... saberás que sou eu o teu amor,
Que juntos somos bem mais do que imperfeitos humanos,
Que somos a liberdade do sentimento,
O contentamento de rompermos o medo,
De sermos bem mais que um segredo,
De agarrarmos a paixão: nas mãos.
Mesmo longe... sente-me em cada abraço,
Guarda a lembrança das despedidas,
Pede comigo para só sermos chegadas.

Amor... 
Mesmo longe... somos um só.


Comentários

  1. Amar é também fazer notar a sua presença na ausência.
    Lindas palavras, como sempre.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário