Eu amo-te, e tu? Amas-me?


Não me fiques a olhar… e entra.

Entra neste quarto, entra nesta minha vida. Talvez já tenha esperado muito até te sentir bem perto, bem perto deste meu corpo que sempre foi teu – mesmo que não te tenha tido no passado.

Sabes? Eu amo-te, amo-te com toda a firmeza que me faz sentir vivo, que me faz ser bem mais completo: a teu lado. Pode parecer um absurdo mas… estar contigo faz todo o sentido, porque os nossos corpos prendem-se um ao outro, os nossos lábios gritam por beijos… e o nosso olhar, esse, perde-se nas noites em que somos apenas um.

Entra! Entra, mas entra de vez! - pelo meu coração, faz de mim um prisioneiro, faz de mim um refém do teu sentimento, do teu cuidado, do teu jeito de ser. Talvez tenha sido esse jeito que me fez amar-te desde o primeiro momento. Esse teu jeito tão particular e tão intempestivo de ser – que faz de ti tão diferente, que faz de ti… tão tu.

Amo-te. Será que já te disse que te amava hoje?

É algo que não me canso de dizer, é algo que não me canso de te sussurrar ao ouvido, mesmo junto ao teu rosto (para que sintas a minha respiração: em ti). Todo eu sou teu, sou teu sem qualquer resistência. É essa a tua melhor arma. Deixas-me sem armas para lutar, e eu rendo-me. E gosto. E quero. E desejo render-me a todas as horas – porque assim sei que sou completamente feliz.

Então… não me fiques a olhar, entra e faz-me mais homem, faz-me ser mais eu, faz-me viver este nós, que se entranha na minha pele, que alimenta a minha fome, que bombeia as minhas veias: de paixão. Eu não nego nada do que sinto, eu não nego nada do que te posso dar e… se não tiver, arranjo maneira. Porque existe sempre solução para sermos melhores, para darmos mais, para arriscarmos mais – nem que seja só para esboçar um sorriso, no rosto de quem amamos.

Eu amo-te, e tu? Amas-me?


Comentários

  1. Mais uma vez, simplesmente FANTÁSTICO!
    "E desejo render-me a todas as horas - porque assim sei que sou completamente feliz!"
    Puseste em palavras tudo aquilo que sinto mas não consigo dizer. Obrigada. Obrigada pelos teus textos maravilhosos e por transformares em palavras aquilo que nós sentimos.

    ResponderEliminar
  2. Fabuloso !!! Parabéns André Sousa!!!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário