"Para Sempre"

Quero que saibas que nem sempre sorri,
Que nem sempre o destino pareceu justo,
Quero que saibas... que eu também já errei.
Que fui bem menos do que aquilo que podia ser,
Que desisti e que esqueci-me de mim mesmo
(no silêncio de tudo o que calava: com medo de falhar).
Quero que saibas que também eu sou feito de carne,
De um coração que já sentiu as feridas de ser mal tratado,
Mal cuidado por que não soube amar como eu amo,
Por alguém que nunca... me pertenceu.
Quero que saibas (mesmo que tudo se finde em nós)
Que és e sempre foste o meu primeiro grande amor,
Quem me fez descobrir os sentimentos que viviam em mim,
Quem me libertou de tudo aquilo que não vivi,
E que hoje vivo - de mão dada: contigo.
Quero que saibas... que a teu lado enfrentarei qualquer perigo,
Que os meus braços serão sempre o teu lugar,
Que o meu peito conta as horas para o meu corpo te abraçar e eu...
Eu conto cada segundo para te beijar.
Quero que saibas... que mesmo depois de tudo,
Amo-te ainda mais do que no primeiro momento,
Naquela noite em que tocamos o firmamento e que...
Finalmente, fomos um do outro, 
Para sermos, apenas, um - PARA SEMPRE.



Comentários