"Eu amei-te desde o primeiro momento"

Talvez não seja, somente, mais eu,
Sendo teu - sendo nosso.
Sou aquilo que um dia não fui,
Para abraçar-te o corpo e sentir-me... completo.
Talvez um dia, naquele dia, descobriste em mim um deserto,
E fizeste-me acreditar em algo mais do que aquilo que tinha,
Deste-me a capacidade de sonhar e eu...
Eu amei-te desde o primeiro momento.
Talvez, um dia, não acreditei no sentimento,
Rasguei todas as definições que tinha de amor,
Tudo o que lia e que não sentia - 
Sentindo hoje... tudo o que sinto.
Talvez agora já não minto,
Já não minto a mim mesmo, prendendo os meus passos.
Hoje sou contigo cordas e baraços,
Que nos unem: na liberdade de tudo o que somos.

Talvez já não sinta mais dor, 
O medo e o pavor de não ser quem sou,
Porque a teu lado... tudo o que vivo,
E tudo o que te dou,
É verdade, aquela verdade que me faz viver.
Amo-te.


Comentários

  1. André, está escrito divinamente. Tirando uma frase ou outra. ..espelha o que se passa comigo. ..como o amor puro nos muda... espero que seja o mais feliz dos indivíduos, porque existem poucos com o seu sentir!

    Da sua admiradora

    Luísa

    ResponderEliminar

Enviar um comentário