"Pudesse o tempo ser maior que nós..."

Pudesse o tempo ser maior que nós,
Ser o eufemismo das nossas palavras (caladas),
A verdade que nos corre pelas veias,
Infamando de paixão... o nosso olhar.
Pudesse o meu coração ser infinito,
Abraçar-te na noite em que sentes a saudade,
Em que a efemeridade se vê perdida,
Esquecida nas pedras da calçada... da cidade.
Pudesse o sonho ser maior que eu,
Ser uma confissão de amor eterno,
Viva nos abraços que envolvem os nossos corpos,
Que rasgam os medos mortos...
Desnudos de mentiras.
Pudesse esse tempo... ser o nosso tempo,
O firmamento que alcançamos nos beijos osculados,
Rasgados em promessas de sermos imortais,
Fortes e intempestivos vendavais,
Que amam com toda a intensidade,
Na verdade de um amor - vivido.


Comentários

Enviar um comentário