"Somos... amor"

Somos o fogo que arde,
A saudade que abraça,
O abraço que faz ficar.
Somos... terra e ar,
O errado e o pedir perdão,
Somos o silêncio.
Somos os olhos que falam,
A boca que beija,
O desejo saciado. Na cama. No chão.
Somos a paixão,
A respiração que sufoca,
O tempo que vivemos e...
Os minutos em que nos perdemos.
Somos a força e o riso,
O choro e o sonho,
Somos o agarrar e o largar.
A liberdade: em que nascemos.
Somos loucos. Amantes. Amigos.
Somos dois pedaços de um destino,
Um presente que quer ser futuro.
Somos a eternidade de uma promessa,
De prometer nada jurar e...
Não jurar... o que não podemos dar.
Somos as palavras que dizemos,
As confissões que fazemos,
Sempre que nos deitamos
(lado-a-lado: ao anoitecer).
Somos o que tiver de ser e...
Se nada formos,
Continuaremos a ser nós,
Mesmo depois de tudo,
Mesmo depois do mundo,
Mesmo depois do fim...
Somos amor!


Comentários

  1. Excelente, Adoro!

    Bom dia
    Teresa P.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado pelo apoio e simpatia, Teresa.

      Um abraço e bom dia. :)

      Eliminar

Enviar um comentário