Amo-te...

Amo-te...
Sei que te amo nesta e em tantas outras vidas,
Nas palavras que sussurro ao teu ouvido,
No pulsar deste meu coração que vive, ao amar-te -
Em toda a parte - em qualquer lugar.

Amo-te...
Nos olhares que trocamos sempre que nos entregamos,
Ao prazer da carne que saciamos em beijos verdadeiros,
Em anseios de vivermos todos os momentos - em que somos um,
Em que nos fundimos em sonhos reais, 
Em que somos fortes vendavais - capazes de nos tornar... imortais.

Amo-te...
Mesmo naquilo que não juro dar-te,
Dando quem sou... ao que só tu sabes abraçar,
Nos risos desmedidos, nas noites em que passamos sem dormir,
No florescer de uma paixão que nos rouba a respiração.

Amo-te...
Amo-te na forma mais verdadeira de conceber a paixão,
A tentação de agarrar o teu corpo com os meus braços,
De te envolver nos meus desejos, de nos perdermos em beijos,
Para nos encontrarmos... um no outro.

Amo-te...


Comentários

Enviar um comentário