"Dor"

A nudez... doí-me.
Doí-me o fado - o fardo - o olhar.
Doí-me o respirar.
A saudade - que arde,
Que não me queima.
Doí-me a espera,
O tempo - o firmamento,
De tudo o que sinto e...
Não minto. Doí-me!
A falta... doí-me.
No corpo que pede,
No desejo que clama.
Nesta cama... doí-me o peito.
Refeito.
Em jeito de carne
(em jeito de nada).
O medo... doí-me.
A perda - a despedida - a (não) chegada.
Na minha pele usada,
Na alma rasgada,
Num coração... teu.
O amor... doí-me.
Porque doí-me amar-te,
Doí-me aguardar-te.
Doí-me tudo...
E todo o meu tudo - só sabe querer-te.
Doí-me...












Comentários