"As palavras que são somente... tuas"

Amei-te, desde o primeiro momento... meu amor.
Nas memórias que assolam a minha alma,
Revoltando o meu peito - enchendo de lágrimas o meu olhar.
Preciso que me digas que este amor será eterno,
Que sou o único homem que amas,
Que sou eu quem te faz sorrir para além das horas tardias.
Amei-te em tantas noites frias, nesta cama embebida com o teu cheiro,
Dos momentos em que nos entregamos sem medos
(cuidando das feridas de que éramos compostos,
Dos passados negros - que apagámos em fantasias).
Amei-te, desde o primeiro toque e do primeiro beijo,
Quando te confessei que o todo o meu sentimento era teu,
Que jamais abandonaria todo o nosso destino - 
Fazendo de ti a metade deste meu coração que te dei.
Amei-te, desde o instante em que rompi as amarras,
Em que a teu lado conheci a liberdade de amar, e ser amado,
De entregar tudo o que tenho, de me tornar vulnerável ao querer.
Foi contigo, e somente contigo, que passei a viver,
A conjugar uma vida a dois corpos, a um abraço e
A uma eternidade de promessas cumpridas.

Amei-te, deste o primeiro momento e...
Amar-te-ei, para além do meu último suspiro.



Comentários