"Arde-me!"

Arde-me!
Na clareira do teu olhar,
No desejo que me invade,
No sonho que arde.
Arde-me em paixão,
Afoga-me a saudade.

Arde-me!
Na insanidade que sinto,
Sempre que não minto,
Que te amo com tudo o que sou.
Arde-me em eufemismos,
Em fantasias e verdades,
Em actos heróicos da realidade,
De sermos apenas um…
Um só coração.

Arde-me!
Ateia-me e incendeia-me,
Usa o meu corpo!
Prende-me os movimentos.
Abraça-te a mim…
Fica comigo - esta noite.

Apenas… arde-me!
E permanece no fogo,
Envoltos de tudo,
De tudo que somos juntos.
De tudo o que temos só nos dois.
De tudo o que construímos – com o nosso amor,
Com a nossa eternidade.
Arde-me!

© Maciek Jasik

Comentários