"Eternamente... Amo-te"

Se amar-te faz de mim eterno,
Então a morte não chegará ao que sou,
Não romperá com o meu corpo,
Não dissipará o meu coração,
Não matará... o meu desejo.

Se amar-te é ser eterno,
Eterniza-me em sonhos,
Faz de mim o que sempre fui,
Teu - mesmo sendo livre
(livre no amor que sinto: por ti).

Se amar-te é quebrar o medo,
Então eu dou-me sem receio,
Sem temer o passado.
Sem esquecer quem sou.
Sem esquecer-me... de lutar.

Se amar-te é ser imortal,
Que tudo possa ser igual,
Porque só em ti eu vejo a diferença,
Só em ti eu vejo o futuro
(de tudo o que um dia... comecei a viver).

Se amar-te faz de mim eterno,
Serei eu um ser intemporal,
Serás tu quem me acompanha,
Quem me segura - de quem eu cuido.

Se amar-te é tudo isso...
Nada mais há para ter,
Nada mais há para procurar porque...
Contigo sou nós - contigo sou, verdadeiramente, eu.



Comentários

  1. Texto, foto e música fantásticos...

    Uma boa noite,
    Abraço

    ResponderEliminar

Enviar um comentário