"Olha para mim..."

Olha para mim... apenas desta vez. 
Vem e ama-me,
Enche o meu peito de sonhos e esvazia a saudade que tenho aqui.
Olha para mim... agarra o meu âmago e habita o meu coração,
Faz de mim o teu herói - o teu príncipe de espada e cavalo,
Faz de mim o teu futuro e...
Adormece no meu peito.

Olha para mim... fica mais um pouco nos meus braços,
A noite cai fria lá fora e aqui o meu corpo clama pelo teu,
Em tudo o que te dou, em tudo o que sou - sendo, somente, um amante.
Olha para mim... esquece o mundo que está lá fora e... 
Devora-me o medo, o tempo...
O tempo em que te espero,
Em que te quero,
Eternamente.

Olha para mim... e nunca vejas o fim,
Em tudo o que sou contigo, em tudo o que és a meu lado,
Sempre que nos conjugamos em poesias, 
Em palavras vivas e nada vazias,
Sempre que somos amor - o NOSSO amor.
Olha para mim... e fica a olhar-me, em tudo o que digo,
No silêncio das minhas palavras,
Nos gritos do meu peito...
Que só tu sabes ouvir.


Comentários

  1. Profundo e lindo como sempre!

    Abraço :)

    ResponderEliminar
  2. Como sempre, delicias-nos com as tuas palavras! És incrível no que fazes!
    Beijinho*

    ResponderEliminar

Enviar um comentário