"Se quiseres... fica comigo esta noite"

Se quiseres… fica comigo esta noite,
Faz do meu corpo o teu lugar,
Concebendo no meu peito, a tua habitação.
Se me quiseres… apenas agarra-me, segura-me,
Porque sou teu enquanto me queres,
Sou nosso enquanto o tempo for eterno – para nós.
Se quiseres… poderei dar-te tudo aquilo que sou,
Sem promessas nem juras, sem medos nem aventuras,
Porque…
Amar-te será sempre a história mais firme que conheço
(aquela que não encontra fim – em tempestades).

Se me quiseres… abraça-me,
Beija-me sempre que os meus lábios procuram os teus,
Sempre que os meus dedos se entrelaçam nos teus
(em eufemismos de um amor tão voraz).
Se quiseres… fica comigo, muito para além do tempo,
Dos momentos que se esgotam e que nada valem,
Das palavras vazias que tantos falam,
Daquelas que tatuamos no nosso corpo e… que não são ocas.

Se quiseres… forma comigo a imortalidade,
A verdade do sentimento que nos corre nas veias
(que nos bombeia o coração).
Se me quiseres… saberás que seremos eterna paixão,
Um amor repleto de tudo o que sabemos dar,
De tudo em que eu passei acreditar,
Depois de te amar… como te amo.



Comentários

  1. Um belo poema, com a grandeza de um formoso talento!

    Uma noite de sonhos.
    Abraço :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia,

      Muito obrigado pelas suas palavras e apoio.

      Um abraço e felicidades :)

      Eliminar

Enviar um comentário