"Se pudesse... estaria contigo hoje"

Se pudesse… estaria contigo hoje,
Aninhado nos teus braços, entregue ao teu amor.
Estaria a teu lado, bem junto ao teu peito,
Em sentimentos vivos – no amor que sinto por ti.
Se pudesse… dar-te-ia tudo de mim,
Sem olhar para trás, sem pensar no passado
(que feriu, que magoou – que só tu soubeste curar).
Se pudesse… hoje levar-te-ia a jantar fora,
A passear por entre os campos verdes de um outro sonhar,
E, nesse lugar, amar-te-ia com toda a minha força.

Se pudesse… abraçava o teu corpo e juntava-o ao meu,
Ficaria a ver a estrelas num céu que se iluminava ao nosso olhar,
Ficaríamos a namorar ao luar – seriamos um (em acto de amor).
Se pudesse… teria a casa repleta de fotografias só nossas,
De recordações trazidas das viagens projectadas
(desenhadas à nossa medida – ao partilhar dos nossos desejos).

Se pudesse… beijar-te-ia neste instante, como qualquer ser errante,
Que ama como eu te amo, que te quer – com todo o seu amor.
Se pudesse… seria teu, como sou todos os dias,
Em que me entrego às nossas próprias fantasias
(desfrutando da magia de tudo o que sentimos: juntos).
Se pudesse… fugiria já contigo, casaria no meio de um oceano,
Em que nos movíamos em turbilhões de afecto, em que estarmos só nós.

Se pudesse… rompia com a distância, com a saudade que sinto,
Sempre que não minto - que és tudo para mim.
E… meu amor,
Se pudesse estaria contigo hoje,
Seria tudo o que sempre fui… desde que me entreguei a ti,
Desde que nos tornamos num só.



Comentários

  1. André, não tenho palavras... mais uma emoção forte!
    Adoro a música também.

    Fique bem!
    Abraço :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado por toda a simpatia e apoio.

      Um abraço :)

      Eliminar
  2. Excelente este poema, como todos os que publica no meu grupo "poesias"
    FELIZ DIA

    ResponderEliminar

Enviar um comentário