"A nossa Eternidade"

Hoje fica... mais um pouco nos meus braços,
Envolve-te no meu amor - mata-me o desejo.
Conjuga comigo o verbo amar, em dois tempos, que esquecem o passado,
Naquele lugar guardado - que fez de nós quem somos
(Quem nos tornamos depois de sermos: um.)

Apenas fica...
Construiremos um lar repleto de sentimento,
Daquele em que escrevemos nas paredes - memórias de tudo o que vivemos
(De tudo o que temos por viver: juntos.)

Ama-me...como eu te amo,
Como sempre te amei desde o primeiro momento,
Desde a primeira hora em que te beijei - no sonho de ser teu.
E...revolta-me, crava-me de tudo o que já vimos, de tudo o já que repartimos,
Sem medo de errar - porque errado é não te amar: como te amo.

Hoje fica... 
Fica por toda a minha vida e...
Se me quiseres oferecer algo... 
Oferece-me a eternidade deste nosso amor.

Amo-te.



Comentários

  1. Namastê!

    Boa semana. :)
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado por tudo.

      Um abraço e votos de uma óptima semana :)

      Eliminar
  2. wow profundo. Sentimentos rodeiam todas as tuas palavras escritas. Sempre com amor e paixão, a escrever textos, poemas ou reflexões abrindo o teu coração. Fantástico como sempre. Um beijinho e boa semana.

    ResponderEliminar
  3. Há muito que não passava por aqui!! Mas vejo que nada mudou: textos brilhantes, profundos e espetaculares! :)
    Adorei! *

    ResponderEliminar

Enviar um comentário