"Teu beijo. Meus lábios."

Ama-me…
Uma vez, desta vez,
Na plenitude do sentimento,
No sentimento ardente,
Dos nossos corpos. Ama-me.
Abraça-me…
Agarra-me e enlaça-me,
No destino: no NOSSO.
Na vida que construímos em verdades,
Nas verdades que pertencem: ao pertencer-nos.
Ama-me!
Envolve-me…
Nas horas, nos segundos,
Nos nossos desnudos sonhos,
Nas nossas insanidades.
(naquelas tão irreais...).
Crava-me e depois tatua-me,
O corpo, o meu corpo, o teu corpo,
O nosso.
Ama-me…
Ata-me ao teu céu,
Ao céu das utopias alcançadas,
Das noites cerradas,
Encerradas em nós.
Ama-me… gritando a voz,
Atroz de desejo,
Do beijo,
Do teu,
Nos meus lábios.

black-white-madness:

Madness:

Jarek “Khaal” Kubicki

Comentários

  1. Está muito bem escrito, os desejos são palpáveis...
    Adorei a frase "ata-me ao teu céu"...

    Uma boa noite,
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado por todas as palavras que me deixa.

      Um abraço e bom dia :)

      Eliminar

Enviar um comentário