"Não conseguirei seguir… sem ti"

Não consigo seguir em frente… meu amor, o caminho sem ti é escuro,
Sombrio como a saudade que atormenta o meu físico – que retraça o meu coração
(em pedaços de lembranças que não deslembro, que se cravam à minha pele).
Sem ti não sei continuar, não sei esperançar - e a força vê-se disseminar,
Por entre os sonhos que desvanecem num peito que se desembaúla de amor.
Não consigo ir, QUERO-TE EM MIM, nesta vontade tão ardente,
Tão segura e eloquente numa vida que me faz viver (para te amar como te amo).

Não consigo seguir em frente… meu amor, os pés enlaçam-se em receios,
A vontade corre e clama o teu nome, nos meus braços, nos meus desejos,
NOS MEUS PRAZERES!
Sem ti não sigo, não quero cair em enganos e erros,
Não quero ser um ser largado ao mundo – um alguém que não vive de sensações.

Não consigo seguir em frente, meu amor... porque…
Enquanto o meu coração bater, a chama deste sentimento arder,
Enquanto eu for teu sem nada temer, amando-te em cada vida, e o nosso viver…

Não conseguirei seguir… SEM TI.



Comentários

  1. AMEI!
    Por todas as forças do universo... André (se é que é o seu verdadeiro nome)... até chorei.... pois não seguir é o que me está a acontecer... e a minha alma não se sente tão só.

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado pelas palavras que relatou ao ler o meu poema.

      Um abraço :)

      Eliminar
  2. Não conseguirei deixar de te seguir... Lindo lindo... Bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado por tudo Maria, pelo apoio e pelo carinho.

      Um abraço :)

      Eliminar
  3. Não vou ser muito criativa....pois não tenho o dom da escrita.... adorei... mais do que isso... tenho uma música " it's not goodbye" swet november.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário