"Ter tudo... em nós"

Não me deixes cair, padecer - imergindo no amor que sinto em mim.
Segura-me no teu peito, envolvendo o meu corpo na segurança que em ti encontrei,
Num sentimento que medrei (em sonhos que descobri viver: a teu lado.)
Ama-me na simplicidade das nossas palavras, que confessam o querer,
Nas noites em que ficamos um no outro - em olhares tão apaixonados.
(No calor dos gestos ternos que partilhamos, que dividimos, em abraços.)
Apenas não me deixes cair, mostra-me o mundo pela tua mão, por tudo o que me dás,
Sem nada pedires em troca (vivendo no batimento deste coração - que te confiei.)

Torna-nos eternos para lá das promessas que fazemos, que prometemos,
Jurando que o nosso amor é mais forte... mais resistente que as tempestades.
Ama-me por tudo aquilo que sou, por tudo aquilo que te amo,
Revoltando o mundo, a distância e o meu saudar profundo.
(Aquele que se esbate ao toque da pele, de uma carne una... em verdades.)

Não me deixes cair... sê o mundo que crio contigo. Contigo. Connosco.
Permanece neste instante, na perpetuidade de tudo o que conseguimos ser,
Sem medo de nada perder, porque já temos tudo... em NÓS...


Comentários

Enviar um comentário