"Eu vou... contigo"

Se um dia te ver partir... saberei que vou agarrar a tua mão - que vou contigo,
Por qualquer caminho que me leves, por qualquer estrada que sigas.
Irei contigo, desmarcando o meu corpo do medo do desconhecido,
Em que possa ficar perdido - em que sei que serás o meu porto seguro.
Largarei tudo, toda a roupa que veste o meu ego e... desnudarei a minha alma,
Entregando-te tudo o que sou, tudo o que tenho e não o que possuo.

Se fores... partirás comigo ancorado ao teu peito, a esse coração que bate no meu corpo,
Num sentimento revolto - em unos segredos que partilhamos, sem receio.
Irei sempre contigo, porque não irei padecer na metade de tudo o que sou,
Do tanto que conhecemos - ao rendermo-nos à paixão que nos invade.

Se um dia te ver partir... saberei que me levarás contigo,
Para um outro mundo para além do nosso - do palpável.
Saberei nesse dia que vou inteiro, que serei teu em eterno anseio,
Que revela-nos ser a alma... a alma gémea um do outro.


Comentários

  1. Meu escritor, palavras para quê...
    Estou presa ao texto e à tela!

    Uma noite feliz.

    ResponderEliminar
  2. Já não passava por cá há algum tempo mas, como sempre, não saio daqui desapontada. Os teus textos ficam ainda melhores de dia para dia. Tens sempre as palavras certas, é incrível. :) Continua!

    ResponderEliminar
  3. Delicia ler tudo o que escreves......Viajo em pensamentos!!!! Obrigada. bjs de um excelente fds.....

    ResponderEliminar

Enviar um comentário