"Meu Amor"

Pudesse eu ter-te nos meus braços... meu amor.
Em tempestade de sentimentos. Aninhados em braços que te seguram, o corpo.
Em olhares trocados. Numa noite em que nos entregamos, um ou outro.

Pudesse eu dar-te tudo o que tenho, sem metades, sem medos.
Ser o que nunca fui... somente por te ter, a meu lado.
Amor. Quero que saibas que te espero, em cada batimento do meu peito,
Nos erros que me arrependo, em histórias que nunca alcançaram a intensidade...
Da nossa.

Desnuda-me nos eufemismos da tua vontade. Sê o ser pertencente,
A este meu corpo alado. (A este homem que te quer sem cessar.)
Ama-me em silêncios tão nossos. Beija-me os lábios, marcando a tua presença,
Num sonho real que não me canso de sonhar...contigo.
Constrói nas minhas mãos o teu porto de abrigo, ficando apenas em mim.
Até que nos tornemos imortais,
No sentimento que vivemos,
Na morte que não nos matará...o amor...



Comentários

  1. Eu já não tenho palavras para o que tu escreves, simplesmente é algo de outro mundo!!

    ResponderEliminar
  2. Lindo... só mesmo a sua forma de amar para conseguir emocionar desta forma.
    Acho que as suas mãos já são um cais, tal a imensidão deste amor.
    O vosso amor é já imortal mesmo que exista o silêncio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho a agradecer imenso pelas suas palavras.

      Seja sempre aqui bem vinda :)

      Eliminar
  3. Temo tornar-me repetitiva, mas a verdade é que tudo o que escreves é fantástico. É sempre bom passar por aqui :)

    ResponderEliminar
  4. É realmente fantástico tudo o que escreves! :)

    ResponderEliminar
  5. Os teus textos são sempre extraordinários, a tua escrita é muito boa mesmo. Tens um grande talento :)

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  6. Quantas saudades tinha de poder te vir ler, obrigado por continuares a escrever tão naturalmente, é lindo!

    ResponderEliminar
  7. Um amor destes, sem metades nem reservas, merece todas as odes que lhe possam ser escritas, e tu fá-lo tão bem :)

    Beijinho!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário