"Cruzados"

Um dia, quem sabe, tu serás a minha metade e eu serei a tua verdade,
Um dia, talvez agora mesmo, te sinta em mim com toda a intensidade,
Com o sabor doce do teu beijo nos meus lábios,
Contigo em mim, desconhecendo o que é perder um grande amor.
Um dia, sonharei contigo nos meus braços, sem ser por pedaços e,
Nesse dia, seremos cordas e baraços de um “nós” que nos faz juntar.
Um dia saberei contigo amar, sem que a força me falte,
Sem que o medo me rapte, sem que tu partas do meu peito.
Um dia será tudo perfeito, serei eu o teu eleito e tu,
Tu olharás para mim, não na ausência, mas na presença daquilo que sou.
Um dia fugiremos para sempre, sem olharmos para trás,
Seremos a paixão ardente e a nossa própria paz,
Um dia irás abraçar-me, amar-me,
Por aquilo que sou, por aquilo que somos...juntos...


Comentários

  1. És incrível! É um prazer 'ler-te', é mesmo :)
    Beijinhos*
    Gosto do novo layout do blog, está bem giro!

    ResponderEliminar
  2. Sempre perfeito e sempre apaixonado. Adorei!
    Gostei muito do novo design do blogue.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário