"respirAÇÃO"

Imagino se será o momento, aquele segundo, o último respirar. Pergunto-me se saberei eu amar, se saberei eu algum dia lutar. Desenho, rabisco em cadernos letras e frases que se perdem no texto de um nexo que não encontro no sentir. Saio um pouco, a praia está deserta, o vento aperta e o corpo ressente-se daquela tempestade sentida. Percorro uns metros em passo acelerado, sinto o corpo suado e o coração a disparar. Paro um pouco e sustenho o ar, deixando-me ir, vou em direcção àquele ponto, ao ponto que estipulei chegar. A música percorre-me o corpo, sinto cada batimento do ritmo que emana do compasso descompassado de mim mesmo. Nada melhor que o cansaço físico para me deixar dormente, para perder a noção da mente e mergulhar no que, realmente, me faz sorrir. A arreia encontra-se fria, a noite começa a cair e, as tábuas de madeira, servem de banco, em que me sento, para rabiscar umas ideias difusas entre o sentimento de pertença e a ausência da razão em detrimento do coração. Não quero partir mas, não quero ficar muito mais tempo por cá, sinto o pulsar da liberdade nas minhas veias e, pergunto-me, se esta estabilidade será assim tão benéfica para mim. Quero partir mas, não quero partir sem rumo, sou do mundo mas, não sou um barco à deriva, sou mais um veleiro com rota traçada. Hoje fico-me por esta estrada que desagua neste mar confidente, hoje, apenas sou como ele, agitado, imparável, indomável...



Bilhete...
Hoje, mesmo antes de te deitares, quero que saibas que te sinto. Hoje, quando fores para a cama, quando apagares a luz, quando te aninhares na tua almofada, quero que saibas que ainda não te disse nada, quero que saibas que o meu sonho é te abraçar. Hoje, depois de tudo veres, depois de tanto responderes, quero que saibas que te quero com tanta intensidade. Hoje mesmo depois da noite cair, do teu sono vir e do teu corpo pedir para sonhar, quero que saibas que desejo-te abraçar, beijar, tocar. Hoje, depois de viveres o teu dia, depois de rires com toda a alegria, quero apenas que sintas o meu beijo de boa noite, quero que sintas o tanto que sinto por ti.

Comentários

  1. Lindo, lindo! Como sempre. E esse bilhete... Que forma carinhosa de alguém terminar o dia.

    ResponderEliminar
  2. Boa noite,

    Não agradeças, acredita que foram sinceras! És realmente incrível, é um prazer 'visitar-te' :)
    Boa semana!

    Beijinho*

    *Em relação a este post, como já é hábito, gostei imenso :)

    ResponderEliminar
  3. Parte, parte com esse sentir do abraço do "Hoje"...
    Muito bonito!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário