"QUERO-TE"


Ao som de James Arthur – Suicide


Procuro-te na minha pele, na vontade que me corre as veias, nos batimentos que descompassam ao compasso da tua imagem. Confesso que te quero, em cada segundo, de forma desmedida, destemida, de forma enlouquecida. Procuro-te, nas sombras que emanam dos corpos de tanta gente, procuro-te nas horas vagas de um tempo preenchido pela vontade de te ter. Os meus dedos almejam os teus, os meus lábios procuram o sabor do teu beijo, os meus braços sonham com a hora em que te envolverás neles, em que te aninharas no meu abraço, em que perdemos o compasso, em que seremos loucos apenas os dois. Procuro-te, nas marés vivas de noites tempestuosas, nas tardes quentes de uma primavera em que me sento naquela esplanada que gostas de frequentar. A verdade é que te procuro, em cada esquina cruzada e...nas ruas apertadas desta vila para o mar virada. És desejo que me alimenta, mulher que me atormenta, és o poço das fantasias criadas desde criança, és a musa de cada uma das minhas palavras, és o pedaço que falta em mim feito num outro corpo. Procuro-te, na neblina matinal, na carne, na intensidade, no sentimento em nada banal. Hoje, hoje já és bem mais que uma imagem, um holograma da minha imaginação, és o fogo da minha combustão, és tudo aquilo que eu associo à paixão...Afinal és e sempre serás a complementaridade de uma vida que espera, por ti, num compasso de ansiedade...


Comentários

  1. Que a consigas ter nos teus braços rápido, muito rápido :)
    Mais um texto cheio de amor!

    ResponderEliminar
  2. Fantástico!! Um querer, um desejo, um amor inspira-te tão bem, tão deliciosamente inspiras-te escrevendo palavras tão bonitas, que nos aquecem o coração, fazendo nos acreditar que existem homens que sentem e vivem tão intensamente o amor, como tu, que falam nele, que vivem com ele. Muitos até podem sentir e viver, mas são poucos os que sentem, vivem e escrevem... Que um dia possas abraçar, beijar e amar quem queres nos teus braços agarrar. Um beijinho de boa semana

    ResponderEliminar
  3. Está fantástico. E a música compõe de forma perfeita!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário