"NadaMais"

Não me procures apenas na noite, quando a vontade do corpo é maior, quando a ausência toma conta de ti. Não me procures nos outros, não me procures em outros sorrisos, em outros caminhos, em outros lugares. Não me procures nas aventuras sem nexo, nas histórias sem começo ou, até mesmo, na fome de um simples caso. Não me procures para ser mais um, não me procures para ser só mais uma conquista. Não me procures quando sentes falta de receber amor que amor não é, não me procures para eu elevar o teu ego, não me procures, apenas, por me procurar. Não me procures em situações mornas, em chamas sem força, não me procures nas metades. Não me procures quando não sabes o que queres, não me procures pela imagem de mim, não me procures se concebes em ti um fim. Não me procures se não queres viver sem intervalos, se não queres amar com tudo, se não queres viver sonhos em conjunto. Não me procures como apenas mais um porque, se eu te procurar, é porque quero tudo por inteiro, apenas isso, tudo...




Comentários

  1. Que lindo. Um belo texto, mais uma vez. É tão bom passar por aqui e ler-te, enche a alma. Um beijinho

    ResponderEliminar

Enviar um comentário