"Desconcertas-me..."

Invades, ficas, agarras, prendes. Desconcertas o meu pensamento, desconcentras a minha atenção, puxas-me na tua direcção, dás fogo à minha paixão. Ateias, incendeias, cativas tal como marés vivas, em dia de temporal, em passos descoordenados de uma arte minimal. És fogo, fogo que me aquece, que me estremece, que me enlouquece, que me tira a orientação, que me faz perder na imensidão. Fazes-me querer-te, em cada momento, com a força de um sentimento, com a vontade de ficar. Quero-te com o meu simples olhar, quero-te abraçar, beijar, amar, numa cama, em qualquer lugar. Quero a tua pele na minha, em noite fria, até que se faça dia. Aninhada entre os meus braços, entre beijos e amassos, entre cordas e baraços. Dás-me vontade, não passageira, daquela duradoura, tentadora, devoradora, inquietadora. Quero-te por inteira, na tempestade, na clareira, quero-te nas aventuras, nas desventuras, nos sorrisos, nas ternuras. Não te quero apenas para mim, quero-te do mundo, de um lugar feito para ti, quero-te selvagem, livre como simples aragem. Despertas-me, envolves-me, roubas-me e eu, eu perco-me na tua presença. Quero-te, uma e outra vez, quero-te agora, quero-te de vez. Quero-te vestida com a minha camisa, enrolada no meu corpo, entre dois copos de vinho, cruzando, assim, o nosso destino. Quero-te como minha mulher, como detentora do meu escolher, quero-te permanentemente, como tatuagem dormente, como insónia numa noite mal dormida. Quero-te na chegada, quero-te na partida. E depois de querer-te e de te dar tudo aquilo que é meu desejo, continuo a querer-te ainda mais, porque há coisas que nunca são irreais para quem quer como eu te quero...





Comentários

  1. Precisará o amor das palavras?

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não!

      O amor carece de segurança mas, sobretudo, de acções :)

      Eliminar
    2. porquê segurança?

      Eliminar
    3. Achas que sem segurança alguma coisa se faz? O risco é sempre um pontapé de saída mas a segurança é o que faz ficar, o que faz permanecer, o que faz prolongar uma história :)

      Eliminar
  2. Sempre muito romântico e sentimental. Escreves de uma forma tão diferente, tão tua, que faz desta tua escrita única e especial. Escreves por paixão e isso nota-se cada vez que aqui passo, vê-se que escrever naturalmente, por prazer. E isso tão bom. Um beijinho

    ResponderEliminar

Enviar um comentário