Pura Imaginação...

Deslizo os meus dedos pela tua pele quente, o Inverno permanece na parte de fora daquela casa, nas janelas humedecidas pelo prazer vivido a dois. Agarro-te, prendo-te, amo-te, de forma carnal, sentimental, de forma brutal como um homem que se perde no corpo da sua mulher. Deixo-me ir, nos espasmos do físico, no acelerar dos batimentos cardíacos, nos beijos dados, nos segredos sussurrados, nos silêncios e na expressão do teu olhar. Agarras-me de forma voraz, numa cama repleta de paz, amamo-nos, sem tempos, sem momentos com duas flutes de espumante que partilhamos em pequenas mordidas que te dou nos lábios. Os meus dedos percorrem-te, contornam-te, desejam-te e, nesse desejo que tem o teu nome, perco-me na noite, perco-me no teu sorriso. Fico a imaginar o que virá depois, o prolongar da noite, o amanhecer seguinte. Acordo contigo sobre o meu peito, sinto-te, tenho-te, na liberdade dos nossos seres, na forma selvagem e liberta de vermos o amor, o nosso...


i believe that when you know how to physically touch a girl, is when you really have her. hand placement and the use of your hands is everything, remember that gentlemen.


Comentários

Enviar um comentário