Da próxima vez...

Da próxima vez, não fiques por aí, fica em mim, recebe o que te dou. Da próxima vez, agarra a minha mão, segue os meus passos e eu far-te-ei sorrir. Fica aqui, permanece na minha história, escreve comigo os nossos próprios sonhos, lutaremos juntos por eles. Hoje sente a minha presença, sente a minha voz ecoando dentro do teu peito, dentro desse coração em que um dia ancorei, em que um dia vi para além das barreiras que possam existir. Não é verdade se disser que não te amo, não é verdade se disser que de ti não me lembro. Mentira minha, mentira nossa se partirmos em busca de algo que não sejamos nós mesmos, que não sejam aqueles sorrisos que nos fazem sorrir. Da próxima vez, olha-me nos olhos, despe-me a alma, e explora cada sinal calado, cada silêncio impregnado de mim, embebido deste meu amor. Recorda cada momento, cada pequeno momento que forma algo nosso, que nos entrelaça nas vielas das ruas que nos conhecem, das prosas que falam de sentimento. Procuremos juntos o porto de abrigo da nossa história, escreveremos as nossas vontades, respeitaremos a nossa liberdade, aquela que presamos tanto, que tão bem nos faz. Da próxima vez, fica um pouco mais, olha um pouco mais e faz-me avançar, da próxima vez, segreda-me ao ouvido, que eu te confesso tudo num beijo silencioso aos ouvidos dos outros, que tanto te confessa ao teu coração. Na próxima vez, faz com que tudo seja diferente, faz com que tudo seja a tua vontade de querer, a tua vontade de ficar, a tua vontade de começar o que ainda permanece em sonhos sonhados, em projectos projectados. Da próxima vez, não fugiremos mais, não partiremos mais. Da próxima vez deixaremos de ser eu, deixaremos ser  tu e passaremos a ser nós, um nós difícil de desatar...


Em toda as histórias há um momento, uma razão, uma escolha, um caminho. Em todos os sonhos existe uma vontade, habita um desejo. Nada é nosso sem que façamos algo acontecer, sem que façamos algo valer a pena...





Comentários

  1. Gostei tanto!!
    Este é daqueles textos que bem poderia ter sido eu a escrever...Palavra por palavra descreveste o que eu gostaria q acontecesse...

    E quando a razão, a escolha e o caminho coincidem, lindo né ? :)

    ResponderEliminar
  2. Em minha madrugada chuvosa... Sonolenta, dificil voltar a dormir, divagando por aqui( tem muito pra se perder ou se encontrar) belo demais,doces inspirações sempre!! Um lindo domingo para voce!bjim

    ResponderEliminar
  3. acredita numa próxima vez? é tão difícil.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A próxima vez acontece sempre que acreditamos no amor. Sempre que lutamos, que tentamos, sempre que, para além dos sonhos, tentamos viver, tentamos mostrar todo o amor que vive dentro de nós.
      Nunca ninguém saberá que o sentimento existe se nós o calarmos.
      Há sempre uma próxima vez quando o verdadeiro amor é dito. Há sempre uma próxima vez :)

      Eliminar
  4. acho que não. mas invejo a sua convicção.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ao acreditarmos que não só estamos a arranjar desculpas para não lutar.
      Se a vida é feita para arriscarmos se não o fazermos o que andamos aqui a fazer? Nada certamente.
      Mais vale tentarmos viver do que sobrevivermos lamentando as nossas perdas.
      O tempo é relativo e o tarde demais só acontece nas histórias de quem não quer ou não sabe lutar. Pense nisso :)

      Eliminar
  5. Agradeço a partilha das suas palavras!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu é que agradeço as suas palavras, seja feliz, lute por essa felicidade :)

      Eliminar

Enviar um comentário