Ainda agora chegaste...

Olhou e sorriu, ficou aquele olhar diferente que tanto disse no silêncio das palavras, que tanto falou na ausência de som. O coração de ambos sabia que era a primeira de muitas vezes, ambos sabiam que onde quer que fossem iriam-se cruzar, iriam-se sentir, iriam-se amar com mais intensidade, com uma maior vontade. Os dias passaram, passaram com uma velocidade que os fez amadurecer, ambos não queriam capítulos, ambos queriam uma história desenhada por eles, viva pelos sonhos que tanto sonharam. São momentos partilhados, são horas preenchidas de tanto, de um amor que veio, chegou e entrou para mostrar como a vida é surpreendente, como o tempo pode inverter prioridades, apagar amores e reinventar novas paixões que fazem rasgar sorrisos, acreditar num futuro escrito pelas nossas próprias mãos. Agora vivem o que se chama de presente, agora constroem juntos um futuro que não se adivinha como será, mas que irá contemplar sonhos, vontades e uma força que quebra barreiras, que transpõe fronteiras, que ama sem férias. Amar é amar cada dia, é cuidar, é acreditar, é confiar, tudo tão contemplado num filme que temos o dom de criar, tudo criado em dois peitos, em duas pessoas, num só coração. A melhor forma de se criar um amanhã é, acreditando demais naquilo que fazemos hoje...



   

Amar o verdadeiro, sentir o real, viver cada dia de forma desigual, querendo, sonhando, porque a vida é uma, as pessoas são tantas mas apenas uma tem o dom de nos completar, de criar sentido à nossa história...

Comentários

  1. Como consegues todos os dias escrever algo tao maravilhoso? fogoo ... como é possivel, eu para escrever algo semelhante, teria de fazer muitos rascunhos de certeza.
    Grande escolha musical, resume tudo!

    Forte Abraço :)

    ResponderEliminar
  2. Obrigada :)
    Agrada-me mesmo o teu blogue, e não foi de facto a primeira vez que aqui vim.
    O facto de escreveres, colocares frases sábias e ainda músicas para completar. E esta música, é A música de muita gente!!
    Sê feliz!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário