Recortes que perduram...

Hoje deixo um caminhar, pedaços de mim e de tanta gente que por aqui passa. Se acreditar é viver, então acreditaremos e lutaremos por a nossa felicidade, amando, querendo, sentindo, porque hoje podemos viver, porquê deixar para amanhã?

Canção de amor, recordação ancorada à história de quem viveu uma despedida, de quem fugiu do sentimento ignorando a voz do coração. Sentimentos dispersos, sonhos vividos, tanto por ser dito, um silêncio no lugar da melodia que agora ecoa na recordação, na saudade que fica sempre que a imagem aparece, que a sombra teima em tocar. Olhar sem olhar, sentir sem tocar, tudo em gestos cúmplices de um sentir diferente, de um querer amadurecido com o passar das horas e com o tomar de consciência de um sentimento, de um sentimento que cresceu independentemente das vontades, dos caminhos traçados. Amores reais devem ser vividos, sentidos, queridos dentro do peito de quem o quer, dentro dos capítulos que formam histórias, dos dias que deixam recordação tatuada nas pessoas. Querer imenso, todos nós temos o querer de sermos felizes, de condensarmos o mundo em pequenas palavras, em humildes gestos, nos mais profundos actos de amor. Depende de mim, de ti, de todos, construírem o seu caminho, lutarem pelo querer, agarrar o verdadeiro, descurar o irreal. Sonhar não é fantasiar, querer não é mendigar, viver é partilhar e amar, amar é a melhor forma de nos conhecermos, de nos dar a conhecer...








Tentarei ainda hoje passar pelo cantinho de quem me deixa palavras tão boas de serem lidas. Desculpem a minha falta de tempo. Beijos e Abraços

Comentários

  1. meu deus, escreves tão bem :o
    que texto lindo (;

    ResponderEliminar
  2. gostei muito sabe bem vir ate aqui ler os teus textos um beijo *

    ResponderEliminar
  3. Curiosamente o meu post de hoje dos 365 é sobre mudança, e sobre as "changes" :P

    Eu acho que já havia comentanto aqui ontem, este post, mas secalhar estou a ficar xéxé ... por isso vou comentar de novo, por via das duvidas, lol

    Adorei o incio do texto, dá logo vontade de continuar a ler e a raciocinar contigo, como sempre digno de mestre :P
    E sim viver é partilhar, e realmente só vive quem realmente partilha o seu melhor de peito aberto com os que os rodeiam, e isso meu amigo fazes e muito bem, ao partilhar estes textos!

    Forte Abraço

    ResponderEliminar

Enviar um comentário