Promessa vã...

De promessas se cria um adiar de sentimento, um esquecer partindo na direcção oposta da própria felicidade. De sonhos faz-se a vida de quem dá de si a simplicidade do gesto, a essência de um amor que se torna partilhado, que é repartido. Palavras voam com o vento, gestos permanecem, tão ancorados, tão presos a uma história que se desenha a cada dia que vamos vivendo, errando, aprendendo. As mágoas sempre farão parte de nós, os arrependimentos de um perder, de um fazer ou de um acontecer que não pertence aquele lugar, aquela pessoa, aquele mesmo sentimento. Querer é uma arma que temos nas mãos, um poder que uns descuram, que outros tantos procuram e que outros fazem como filosofia de vida. Amores e desamores, vivemos sempre dualidades o que nos torna tão humanos, fazemos realidades e ficamos na irrealidade de sonho que se guarda apenas para nós. Será justo? Será injusto? Depende de cada pessoa, de cada melodia que emana de si e que ganha a forma de um outro alguém. Amar é um dom, ser amado é uma bonita forma de se avançar acompanhados, juntos, unidos em momentos que se recorda para todo o sempre, em tatuagem que cravamos no corpo. Amores de perdição, amores singelos que tão pouco mostram mas que tanto sentem, olhares cruzados, palavras caladas, engolidas a seco no receio de errar, no medo tremendo que nos temos de magoar, tudo tão nosso, tudo tão carnal, sentimental ou até mesmo, dito por alguns, banal. Vão-me deixando amar, vão-me deixando sonhar de olhos abertos, projectar com mãos firmes. Posso não ter, posso até mesmo desconhecer, mas vivo, vivo cada dia, sinto cada partida, anseio cada chegada e isso faz-me bem, isso faz-me tão bem. Falo de mim, falo de ti, falo de nós, de um nós tão difícil de desatar...




Amar é bem mais que gostar, gostar é bem mais do que querer, querer é bem mais do que desistir. Por tudo isso não desistas de amar, porque saberás que isso te faz tanto gostar de querer viver uma vida à tua medida, uma vida feliz...

Comentários

  1. mais um texto lindíssimo acho que temos todos que amar perdoar , ser desapontados poisa amores e desamores fazem parte da vida nao é de todo , ao primeiro desgosto de amor que temos que deixar de amar e que nos amam .. um beijo

    ResponderEliminar
  2. Acabas te de tocar numa enorme verdade, promesas que ficam suspensas no ar e que ferem a alam e moem o coração! pois é, de boas intenções está o inferno cheio né verdade!
    Como sempre adoro a forma com transformar e conjugas as tuas ideias, lindo!

    Abraço e um optimo fim de semana =)

    ResponderEliminar
  3. Concordei a 100% com o teu comentário.
    Bom fim-de-semana :*

    ResponderEliminar

Enviar um comentário