O mudar de um querer...

Mãos firmes seguram o mundo de quem o viu nascer, um sentimento presente, um amor diferente mas ao mesmo tempo tão intenso. Almas que se amam, palavras vivas no caminho de quem escreve a sua própria história, de quem narra o seu próprio seguir. Amarras rompidas, passado em forma de recordação, presente em tom de canção e um futuro risonho pela frente. Amores, desamores, sonhos ou até mesmo partidas, tudo num só corpo, tudo repartido por dois corações que aqui se encontram, que neste porto de abrigo se aninham. Há um tempo em que se amadurece, em que nos entregamos aos sentimentos verdadeiros, aos amores ditos reais, aqueles possíveis, aqueles que têm um caminho certo e não vivem na incerteza constante de um amanhã. Procura-se a estabilidade e não a insegurança ou até mesmo a aventura de outrora, procura-se o que se pode chamar de nosso, o que não foge das nossas mãos porque, certamente estará a ser cuidado. O amor que se procura hoje não é, com certeza, o amor que se procurou ontem, o que hoje queremos que fique é a solidez, a certeza e não a inconstância de um sim, de um não, de um amo-te, de um quero-te...




Hoje apenas sinto a vontade de dizer que te quero para sempre perto de mim...

Comentários

  1. Adoro esta tua mudança no blogue!! Está simplesmente lindo!! =D
    E quanto ao texto.. eu já te disse e volto a dizer,quem me dera ter metade da tua capacidade na escrita. É que nem nos meus sonhos me aproximo a ti.
    Mas prontos,espero um dia conseguir escrever tão bem quanto tu,porque és definitivamente uma inspiração,não só para as pessoas que desejam ser escritores,mas também como qualquer pessoa que leia estes textos.
    Simplesmente maravilhoso,adorei!!

    beijinho*

    ResponderEliminar

Enviar um comentário