Tu tens o teu próprio dom...

Ninguém te fará parar, ninguém tem o dom de desenhar a tua história sem seres tu próprio, sem ser a tua força que te move nos dias, que te dá a capacidade de sonhares. Somos apenas nós, nós que acrescentamos cada capítulo ao nosso viver, somos nós que agarramos, que largamos, que perdemos ou ganhamos. Vivemos de pequenos instantes, uns perdem-se na futilidade do material, outros vivem um presente banal, vivido, sentido e acima de tudo lutado com as forças de um querer, de um sentir. O amor invade o peito de quem o quer receber, pode doer, pode até mesmo fracassar mas, sem ele, sem amor, não se vive, apenas se sobrevive num mundo que nem é nosso, numa história que nem pertence ao nosso caminhar. Entreguem-se ao verdadeiro e repudiem o falso, aquilo que encanta mas não prende, aquilo que chama mas não cuida. Não representem papeis que não sãos os vossos, não escrevam guiões, adaptem-se ao vosso viver, respeitem aquilo que são, aquilo que querem. Não se esqueçam de vocês, ouçam primeiro o vosso coração antes de ouvirem as palavras de quem nada sabe, vivam amores e não efémeras histórias, respeitem o vosso corpo, cuidem do vosso coração. Entreguem-se a quem vos merece, não se enganem e não enganem outras pessoas que possam sentir amor por vocês, sejam fieis aquilo que defendem e se for preciso corram  mundo na busca de quem vos completa e não se deixem ser substitutos de quem não conseguiu alcançar a sua prioridade. Dêem voz à vossa própria vida, sejam narradores da vossa história, escrevam e voltem a escrever, rasguem páginas, guardem fragmentos, mas sejam felizes, felizes à vossa maneira e não à maneira de quem vos quer ver presos, de quem quer ser dono da vossa própria palavra...

 

 

 

 

 

Comentários

  1. Quantas vezes já disse essas mesmas palavras a pessoas amigas! Agora, ao sentir tudo na pele, custa a seguir esse caminho! Mas um dia após o outro a meta fica mais próxima! Obrigada por nos proporcionares um texto vindo de alguém que já viveu o suficiente para nos dar as certezas de que a felicidade está algures, à espera que façamos algo para a encontrar!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Gostei mesmo deste texto, a muito tempo que um texto não despertava os meus sentidos e sentimentos como fez o teu!
    Os teus textos são escritos de uma forma tão verdadeira, transmite tanto sentimento que por momentos penso que tudo é possível e que o verdadeiro amor realmente existe !
    Estou a seguir*

    ResponderEliminar
  3. Eu sei que somos nós mesmos quem escreve o nosso capítulo... Mas tenho pena que isso não dependa apenas de nós :/ Infelizmente...

    Beijinho *

    ResponderEliminar
  4. Adorei, um titulo fabuloso e claro que as iamgens nao podiam ser mais bem escolhida, fantastico :P

    ResponderEliminar
  5. oh, tão verdadeiro * gostei (: este amor irá permanecer para sempre no meu coração, mesmo quando eu já não gostar dele, ele terá sempre um espaço no meu coração ! Obrigada pela muita força que me dás ! Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  6. Verdadeiro, fantástico, lindo, simplesmente perfeito! *

    ResponderEliminar

Enviar um comentário