A complementaridade de um amor...

Sentimento firme, ancorado a este meu peito, a este viver em que me entrego a ti, em que me perco em nós. Simples são os momentos que me fazem recordar a tua presença, o teu sentir e aquele olhar diferente, que tudo diz por entre os silêncios que podem existir. Ainda hoje sou o espelho do que sempre quis, sou o reflexo de um sonhar vivo em mim, presente em cada instante em que me dispo de mascaras, em que as emoções surgem por entre as expressões de um querer, um querer bem mais forte do que aquilo que aprisiono dentro do meu peito. Claridade, a claridade permanece dentro desta meu lar, trespassa por entre as ventanas desta janela, por entre finas camadas de um recordar, de uma melodia que ecoa dentro de quem sente, de quem vive uma história de amor. São longos os caminhos que formam uma felicidade, são fortes os passos que caminham na direcção de um realizar, de um lutar por um vencer, por um amor que dá vida, que forma vida, mas no final tudo tem o seu valor, tudo consegue ser único. Na vida somos elementares peças, peças de um puzzle ainda em construção, pode-se viver capítulos, pode-se até mesmo viver instantes felizes, mas somente existe um complementar pleno, somente um dia viverás um amor único, único no olhar, no tocar e no marcar, naquele marcar que irá permanecer eternamente na tua vida, no teu viver...

 

Poderia ser um nós, um eles, ou até mesmo um eu próprio, poderia ser um amor, um amor para a vida. Mais do que viver uma história é amar uma pessoa, sentir um coração, ouvir um olhar, amor não é tatuagem que agarra, é sim um recordar que não esquece, guarda...

Comentários

  1. Escreves incrivelmente bem.
    Adorei o texto, é tão verdadeiro e puro (:

    ResponderEliminar
  2. Está lindo lindo :) Mas não sei se existe um só amor... Acho que existe apenas um, mas da sua própria maneira :)

    Beijinhoo *

    ResponderEliminar
  3. Fico sempre sem palavras... gosto tanto de te ler.

    ResponderEliminar
  4. Adorei!!! Como sempre, um primor de post! Palavras envolvente encantadas com sentimento, ternura e emoção. Amo este espaço que sinto como se fosse meu também! Abraço apertado meu querido.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário