Um amor em palavras simples...

Diferentes e alheios a tudo, seguem eles, dois amantes, dois corações limpos em que o sentimento é a maior constante, em que o sonho se prende com desejos, com vontades, com lutas que ambos travam, em que ambos não utilizam a palavra desistir. Seguem juntos de mão dada, coração entrelaçado, já foram nada, mas hoje são a história que melhor conhecem, a vida que um dia tanto idealizaram. Repletos de um tudo construído de um nada, ancoraram os seus corações a portos firmes e ali permaneceram, tão naturais como eles, tão verdadeiros em cada gesto mostrado, em cada palavra proferida. São a intensidade de uma paixão forte, o sentir de uma criança que descobre algo pela primeira vez, são a inocência e ao mesmo tempo são a maturidade de um caminhar, a aprendizagem resultante dos erros que cometeram. Seguiram caminhos opostos, cruzaram-se para nunca mais se largarem, hoje são um fado que fala de alegria e deixaram de ser um espectro antes amargurado. Vida, a vida a eles chegou, lutaram por ela, fizeram-se pessoas e desenharam-se como personagens principais do seu amor, de um amor que reinventaram à sua própria forma. Falam de amor, vivem de gestos cúmplices em que os silêncios são puras pausas de um amor sentido, redescoberto na ausência das palavras, sentido no calor de um abraço apertado. Amor é mesmo assim, uma vida, um caminho escolhido onde quem segue dá tudo de si, em que deixamos de ser um eu, um tu, passando a ser um nós, um nós difícil de desatar...



Comentários

  1. Gostei tanto deste texto :$ Parecia que estava a ler a minha vida! Adoro esta tua maneira de escrever :)

    Respondendo ao comentário que me deixaste ontem começo por te pedir desculpa se de alguma forma te deixei constrangido ao dizer que um dia falaríamos sobre ti. Por vezes esqueço-me que muitas pessoas gostam de manter a sua vida privada! Desculpa-me se é esse o caso :)
    Quanto ao não teres sono não te digo para contares "carneirinhos" (até porque comigo também não resulta) mas podes sempre imaginar textos futuros. Eu adormeço com a cabeça no meu mundo e é daí que surge a minha paixão no que escrevo! Experimenta que pode ser que resulte :)

    Um beijinho de uma nova amiga virtual ;)

    ResponderEliminar
  2. para quê comentar??? tu tens o dom de me deixar sem palavras. estás cada vez melhor!

    ResponderEliminar
  3. Não tenho palavras, está perfeito, como sempre

    ResponderEliminar
  4. Juro que cada vez amo mais estes teus textos! :)
    Faz-me pensar naqueles momentos especiais em que se trocam palavras,carícias,momentos mesmo únicos com aquela pessoa especial.
    Texto simplesmente maravilhoso :)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  5. Obrigada pelo comentário, como sempre entendeste profundamente as palavras que lá deixei :)
    Reparei que nos últimos comentários tens dito que te revês nos textos e bom, começo a conhecer um pouco de ti. Aos poucos e poucos vou conhecer o André por trás do escritor ;)

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  6. por favor, nunca deixes de escrever, alegras-me com estas palavras sempre cheias de amor! e obrigada mais uma vez, beijinho :)

    ResponderEliminar
  7. E depois de ler mais um texto, ao qual não lhe consigo atribuir um adjetivo devido a sua transcendência, é difícil comentar porque nada do que direi se ajustará a ele.
    É fantástica a maneira como encaixas cada palavra na perfeição, é delicioso devorar o amor que aqui nos apresentas, é encantador sonhar com um amor assim.

    Tu tens de facto um grande talento e acho que só resta agradecer por o partilhares connosco.

    Um beijo.

    ResponderEliminar
  8. É tão gratificante quando entro no meu cantinho e vejo aconchegos destes :). Muito obrigada*

    ResponderEliminar
  9. não sabes o quanto me faz bem, não só chegar ao meu blog e ter estas tuas palavras cheias de significado, como já te disse, mas sim vir aqui ao teu cantinho ler estes textos simplesmente magníficos! Só gostava de conseguir dizer-te o que o meu coração sente ao perder-se em cada palavra tua. Porque eu te considero um escritor. Não só um bloguer, mas um escritor. e o carinho que transparece na tua escrita, o amor e o romance , oh, deixa-me derretida ! Mais uma vez não tenho palavras para descrever o quanto me fizeram bem os teus comentários. A força que eles me dão. O quando o meu coração aquece ao lê-los , porque tu tens razão, e o meu coração reconhece essa razão ! Porque sim, somos nós que temos de ter a força para largar o passado, e sarar estas feridas. neste momento o que é verdadeiramente importante para mim são estas palavras que me fazem tão bem deixadas por seguidores tão atentos do meu blog como tu és (: obrigada por tudo *

    ResponderEliminar

Enviar um comentário