Eles, uma expressão de amor...

Eles, simplesmente eles em gestos cúmplices do seu próprio amor, daquela história que vão escrevendo com os seus desejos, que vão pintando com os sonhos que jamais se esquecem de sonhar. Mãos dadas, corações despidos, um viver diferente, um sentir tão forte que os alimenta, que fazem deles pessoas bem melhores, amores verdadeiros. Longe vão os dias em que eram sombra do que hoje são, dias em que entregavam o mundo deles nas mãos de que sempre demonstrou não ter força para os agarrar, capacidade de os ver crescer. Foi o destino, foram os caminhos traçados que ali os levaram, aquele refúgio das palavras, em que os sons dão vida, em que as músicas retratam episódios, realçam sorrisos, transparecem o que ali é sentido, aqueles fragmentos que, no seu todo, formam um amor, um amor tão vivo dentro de quem nunca se esqueceu de lutar, de quem faz da sua vida obra-prima da sua existência. Agarram, agarram o que querem, esquecem o que um dia magoou e feriu aqueles corações, aqueles peitos que agora se vêem invadidos por a luz do sol, pelos raios que trespassam a pele e penetram naquele lugar em que a magia é real, naquele órgão que torna as pessoas diferentes, únicas. As representações são muitas, as imitações são constantes para quem ainda não se descobriu mas, na verdade, todos sentem à sua forma, todos fazem da sua vida o reflexo do que acreditaram, do que abandonaram, do que juntaram fortemente ao seu coração. Somos nós, são eles, são vocês, no fundo é em cada um que a vida se entrega, é cada um que trilha os seus percursos, que vive de sorrisos ou entrega-se à amargura de um perder. Depende de nós sermos o que sonhamos, depende de nós construirmos o que nos faz felizes, depende de nós e apenas de nós...



Comentários

  1. Obrigada. E é bem verdade, concordo a 200%. Bom fim de semana, beijinhos

    ResponderEliminar
  2. tu deixas-me completamente calada com os teus textos. uma palavra : ÍNCRIVEL!

    ResponderEliminar
  3. oh, obrigada :') tenho de ser forte acima de qualquer tristeza! e adorei o teu texto, está tão sentido, e oh, depende mesmo de nós fazermos com que a vida valha a pena. beijinho, bom fim de semana *:)

    ResponderEliminar
  4. Há pessoas que estão de facto destinadas. E o amor, esse grande bicho incompreensível quase por todos nós tem uma força inacreditável!

    Também é verdade que os sonhos a felicidade, assim como tudo na vida depende de nós e só de nós, só é preciso ir buscar a força ao sítio certo.
    Adorei o texto, como sempre. Beijinho*

    ResponderEliminar
  5. cada vez que visito o teu espaço fico (ainda mais) encantada com o que tu escreves, consegues sempre surpreender o leitor e isso é óptimo!
    mais uma vez está lindo André, revejo-me em algumas das tuas frases deste texto.
    um beijinho e bom fim-de-semana :) *

    ResponderEliminar
  6. Obrigada e ainda bem que gostas.
    Gostei bastante *
    Beijinho e bom fim-de-semana também para ti (:

    ResponderEliminar

Enviar um comentário