Realismos...

Esperava te encontrar nos ventos desta tempestade, de descobrir os sentimentos encobertos por esse teu manto de neblina. Hoje olho com os olhos que um dia transmitiram tudo de mim, em que um dia viste o espelho da minha alma, do meu amor capaz de mover montes e montanhas na busca de sonhos sonhados e projectos projectados. As minhas mãos procuram as tuas nas noites frias deste inverno, o meu coração grita o teu nome ao vente, a tua presença faz-me falta e o teu sorriso parece esquecido dentro de mim, dentro desta nossa história que desenha-se segundo as lutas que travamos todos os dias para sermos mais felizes, para construirmos aquilo que chamamos vida. Num passado residem os fantasmas de um esquecimento, no passado ficam guardados a sete chaves os erros que fizeram parte deste caminhar, que se tornaram ensinamentos bem mais verdadeiros do que simples conversas tidas ou até mesmo falsos moralismos que não entendem o que é sentir. Escrevo de amor, deste amor que me invade, que nos invade e nos arrasta em direcção um do outro, somos coração, simples forma de sentir muito superior à futilidade da aparência ou até mesmo ao vestido mais bonito. Vivemos de pequenos instantes, de fortes memórias e dos mais intensos sentimentos, vivemos, batalhamos e sabe tão bem saber que as mãos ali permanecem prontas a ser agarradas. Um abraço e um café, são estas memórias que ficam aqui, ancoradas a mim, ancoradas a nós, o sentimento parece mais intenso que nunca e o desejo já nem consegue ser mais controlado, somos dois, somos duas pessoas que se entregaram ao amor de uma forma desnuda, dando tudo de nós, vivendo aquilo que nos torna personagens principais de um amor, do nosso próprio amor. Neste momento as palavras não conseguem ficar caladas, o sentimento é tanto e a vida desenha-se na nossa frente, pinta-se com as cores que de melhor temos em nós, com aquelas que vamos pintando cada dia, que vamos colorindo cada conversa, que vamos animando cada sorriso rasgado, cada promessa cumprida. Vivo naquilo que se chama de provas, provas de um amor, de um respeito, de um carinho e de um sentir muito superior a mim, entregue a nós e somente a nós...






Espero que este texto vos faça sonhar, vos faça sair da pele de quem são e colocarem-se nesta história, neste momento em que o amor torna-se bem mais forte que tudo. =)

Comentários

  1. sem dúvida que foi sonhador mas era bom que as coisas fossem assim tão fáceis, apesar de o amor ser lindo é preciso existir um "nós" verdadeiro...

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  2. Amei o Blog!
    - Gostaria de ter um "pedacinho" teu no meu Blog =)

    ResponderEliminar
  3. Este texto é o sonho que eu tenho :D Sei que um dia ele vai acontecer, mas não acontecer para depois tudo desaparecer, mas sim para permanecer na minha vida :) Sei que isso vai acontecer :)

    ResponderEliminar
  4. Obrigada pelo teu apoio incondicional. O teu blogue está com um aspecto cada vez melhor, estou a gostar. Dos textos é preciso falar? É que a tua forma de escrever encanta-me. Gosto mesmo muito. Nunca pares e perdoa-me por não te comentar tão assiduamente como deveria. mais uma vez obrigada por tudo :)

    ResponderEliminar
  5. Muito obrigada, muito obrigada mesmo. Este texto foi um dos textos que foram escritos com mais emoção... Por acaso também gosto imenso, relata exatamente tudo o que sinto, sem tirar nem por...

    ResponderEliminar
  6. adorei o blog! sigo*
    o meu é este caso queiras seguir também: http://goldendays2.blogspot.com

    ResponderEliminar
  7. É sempre bom ler as tuas palavras repletas de sentimentos, de amor... de tudo o que nos completa. Magnífico este texto. Muito obrigada, beijinhos*

    ResponderEliminar
  8. "Espero que este texto vos faça sonhar, vos faça sair da pele de quem são e colocarem-se nesta história, neste momento em que o amor torna-se bem mais forte que tudo."me fizesse sentir tudo isso querida, texto magnífico.

    ResponderEliminar
  9. É isso mesmo que os teus textos nos fazem, sonhar!, literalmente. É impressionante como quando os lemos embarcamos numa viagem cheia de emoções, onde os pormenores fazem toda a diferença e quando damos por nós, num ápice fomos consumidos por mais uma história encantadora, que afinal, não passou de um sonho...
    Mas a esperança fica sempre, a esperança de uma história assim, de sentimentos puros e genuínos como este.
    Obrigada por nos fazeres sonhar :)
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  10. A.M.E.I ! Lindo texto, e não só esse, mas todos que escreves me fazem sonhar.
    Saudades anjo, beijo.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário