As formas de um amor...

Suspenso naquela teia, naquele amor que me segura a alma e me aquece o coração. Hoje sorrio, sorrio para esta vida que tanto me tem dado, nas recordações encontro o refúgio para as minhas crenças e no presente vejo espelhado o meu sonhar, aqueles sonhos que me preenchem e me fazem sorrir. Longe vão os tempos das lutas inglórias e dos versos sem dona, longe vão os pequenos instantes em que as migalhas formavam a minha vida, aquelas migalhas que agora são o uma ínfima parte do todo que construi. Ensinaram-me a não desistir daquilo que verdadeiramente me fazia feliz e, assim o foi, fiquei e enfrentei mares e marés, oceanos revoltos e águas turvas, batalhei na construção de algo real e jamais me iludi pelas luzes ofuscantes que se revelam despidas de sentimentos, entregues a um viver que não se coaduna comigo, com o que considero correcto. Não sou de moralismos falsos e de palavras meias, digo o que penso e não condeno caminhos que sejam diferentes aos que traço, cada um de nós caminha sob o que lhe faz feliz, sob pequenas pedras que uns coleccionam, afundando-se, e outros apenas chutam. A vida é repleta de barreiras e fronteiras, de partires desesperados e de saudades sufocantes, depende de cada um, de cada pessoa escrever a sua história, o seu conto de amor em que de rostos se vêem corações e de sorrisos se sente os mais secretos segredos, os mais importantes pormenores. Nas pequenas coisas revelam-se as mais importantes provas de amor, nos silêncios são expressos os sentimentos mais verdadeiros, nos abraços encontra-se a magia de um sentir, num beijo revela-se ao mundo a paixão de dois corações, num partilhar entrega-se parte de nós, num sorrir mostra-se que a felicidade é maior que tudo, num escrever encontra-se a melhor forma de abrirmos o coração. A vida é sentida por quem nela vive, por quem a ela se entrega, a vida torna-se bem mais vivida sempre que nela encontramos o amor, sempre que nela depositamos a nossa forma de sentir...





Comentários

  1. E a mim, quer-me parecer que sabes bem, como queres escrever a tua vida!
    És uma motivação, para quem mais enfraquecido, queira afundar com as pedras, e não chutá-las...
    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. é muito bom mesmo.obrigada!! isto está inspirador..

    ResponderEliminar
  3. Obrigada pela força, pedacinhos. Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Mesmo e a sério? Voltando a falar de si, acho que devia escrever um livro. Tem o tipo de características que amo num autor, tal como a sua escrita. Amava ler um livro escrito por si, apaixonar-me-ia sem duvidas. Outro beijo, é bom ler isso, obrigada!

    ResponderEliminar
  5. Mais um texto lindo teu! A sério,os teus textos são mesmo lindos :)
    Adoro tanto ver o amor,a ternura,o carinho aqui presentes.
    É verdadeiramente lindo :)

    beijinho*,e continua a escrever assim <3

    ResponderEliminar
  6. gostei das historias e obrigada por o comentario :D

    ResponderEliminar
  7. Hoje não sei o que me deu, para apenas vir aqui! Tenho andado quase inativo, mas ao ver a tua publicação no FB, vim cá e li o teu lindo post, como são sempre!

    E como parece que compreendo cada palavra que tu aqui escreves...
    Só quem se entrega à vida de forma verdadeira e sentida é que consegue sentir na verdadeira forma da palavra. Só assim sabe o que é viver de forma feliz e consegue sentir a "história que escreve". Só assim pode ver, viver e sentir tudo o que vai construindo, dia após dia. E assim assegurar a coisa mais valiosa que podemos levar deste curto período em que "estamos emprestados a este mundo"; que é a certeza que não nos arrependemos de nada do que fizemos e que valeu a pena a vida que vivemos e poderemos partir com o sentimento que no fim de contas tivemos uma vida feliz. Independentemente de acabarmos pobres, ricos, sós ou acompanhados...
    O que interessa é construimos a nossa história!

    PS: Em breve espero voltar a ter cabeça para voltar a ligar-me de inteiro à bloggoesfera e ver mais uns dos teus post!

    Abraços!

    ResponderEliminar
  8. Um Dia todos entenderam coisas que hoje parece não ter muito sentido .
    O amor que tentei de todas as formas semear através da vida real .
    E na virtual onde encontrei as minhas lindas amizades sem face conheci
    a alma de cada um que tive a felicidade de chamar de minhas lindas amizades.
    Amor para mim é fazer feliz, perdoar, seguir em frente,
    Entregar sem medo ser amigos verdadeiros.
    Não tenho medo da morte, pois sei que um dia ela virá e eu nao poderei fazer nada.
    Tenho certeza que sempre tentei fazer de tudo por todo mundo que eu tanto
    amo e tento ensinar através de palavras o verdadeiro caminho .
    Decepção não mata,
    eNSINA a vIVER é por tudo isso que devemos aprender amar e perdoar sempre.
    Um final de semana na paz e na luz.
    Beijos meus no seu coração..
    Como é bom ter sua amizade!!.
    Evanir..

    ResponderEliminar
  9. Realmente na vida existe barreiras, mas cabe á nós ultrapassa-lás ou não.

    O Amor supera tudo!

    ResponderEliminar
  10. "(...) batalhei na construção de algo real e jamais me iludi pelas luzes ofuscantes que se revelam despidas de sentimentos, entregues a um viver que não se coaduna comigo, com o que considero correcto."

    Não me poderia identificar mais com este texto. Esperei pelo amor que me iria preencher sem me deixar iludir por promessas vazias que tinham tudo por trás menos o sentimento que eu ambicionava. Hoje não me arrependo de ter esperado e muito menos me arrependo de não ter experimentado os caminhos que evitei. Iria contra aquilo em que acreditava e contra aquilo que sempre critiquei no meu íntimo por não se identificar com a minha moral.
    Hoje, sou mais feliz ainda por saber que sempre fui fiel a mim própria e tenho a certeza que a felicidade tem de partir de nós para depois ser de outros também!

    Gostei muito deste teu texto *

    ResponderEliminar
  11. A minha vida de facto faz muito mais sentido quando encontro o amor, o verdadeiro amor... Mas se este não for encontrado na forma de casal, porque não transmiti-lo a amigos? É o que faço todos os dias e, acredita, não me sinto de pior maneira... O amor é lindo de todas as maneiras :)

    Adorei :)

    Beijinho

    ResponderEliminar

Enviar um comentário