Melodias de um passado...

Sentado no piado tocava as melodias de outrora, aquelas melodias melancólicas de uma partida inevitável em que éramos apenas dois e não um como sempre o quisemos. Este dia de frio troce as recordações a este meu canto, a esta minha casa em que o chão de madeira dá lugar a um salão em que ecoa o som das teclas, a melodia que me sai da alma, do coração que agora se encontra bem mais quente. O tempo passa e isso sei tão bem, as horas voam mas as recordações permanecem, permanecem sempre por mais que o coração encontre-se sarado das feridas de um passado ou até mesmo iluminado por um novo amor. De batalhas é construída esta nossa vida, as lutas são constantes e os amores perdem-se sempre que se tornam irreais aos olhos de quem nunca amou, de quem nunca foi amado na plenitude das palavras e na imensidão dos gestos e ternuras que lhes são característicos. Guardo os recortes das fotografias, as cartas escritas, os perfumes e até mesmo os souvenirs que íamos coleccionando sempre que se viajava para outros lugares, para outros mundos. Perdeu-se, esqueceu-se todo esse amor e hoje sou pássaro livre, solto de amarras, entregue a um capítulo diferente, a um amor bem mais maduro, bem mais real sabes? É bom recordar o passado e dele não fujo, nunca fugi. Sabes que enfrento tudo de frente por vezes de forma fria, por vezes de forma desprotegida mas enfrento e sempre enfrentarei por mais que as forças possam faltar. Queria apenas que soubesses que agora estou bem, que passaram anos desde a nossa despedida e, finalmente, encontrei-te por obra do acaso ou até mesmo do destino como preferires chamar. Quero que saibas que guardo as recordações e, francamente, esqueci os maus momentos, os infelizes instantes. Agora vivo outro amor, um amor que pensei não existir, pensei que nunca seria real mas que afinal existe na nossa forma de amar, na nossa forma de respeitar vontades, de lutar por sonhos, de agarrar sorrisos, de viver os dias como se fossem os últimos...




Comentários

  1. obrigada pelo teu comentário, muitas pessoas desvalorizam a vida (eu admito que já fiz isso várias vezes)e não aproveitam quando devem e só pensam nos maus momentos...

    ResponderEliminar
  2. ai "sentado no piano ":o como eu gosto de piano, e ainda mais que um rapaz toque para mim piano !!!
    Felizmente a semana passou a correr, mas foi a que passou com mais exforço este ano. Cada dia era a correr para fazer tudo.
    Obrigada por tudo, especialmente pelas palavras de força e apoio que tanto me tens dado (:

    ResponderEliminar
  3. Adorei o texto, está lindo.
    Adoro a maneira como escreves.
    Escreves com alma e coração, sentes o que escreves.
    Escreves deliciosamente bem.
    ADORO!

    ResponderEliminar
  4. Já não há respeito pelas obras nem pelos autores. Enfim... Beijinho

    ResponderEliminar
  5. Me ensina isso, como foi que aconteceu?
    Preciso urgentemente!

    Beijos querido.

    ResponderEliminar
  6. « guardo os recortes das fotografias, as cartas escritas, os perfumes e até mesmo os souvenirs que íamos coleccionando sempre que se viajava para outros lugares, para outros mundos » que coisa tão bonita, faz pensar tanto mas tanto.
    muito obrigada pelo teu lindo comentário c:

    ResponderEliminar
  7. Amo como escreves sobre amor e me faz pensar e sentir cada uma das suas palavras! Amo como descreve o amor e me faz amar cada vez mais sua falas... obrigado meu querido por isso!

    ResponderEliminar
  8. escreves tão bem, tens um cuidado nas palavras e uma forma fantástica para exprimir os teus sentimentos

    o amor é mesmo assim quando menos esperamos aparece-nos o verdadeiro e tentamos fazer desse amor algo único

    ResponderEliminar
  9. será que finalmente consigo comentar o teu blog? uaaaaau. mais uma vez desculpa a minha ausência. sabes quetens aqui uma sincera fã que nunca mas mesmo nunca se desilude com o que escreves.

    ResponderEliminar
  10. Luto sempre por aquilo que quero e nunca vou deixar de lutar pela minha felicidade! :) Obrigada, ainda bem que gostas!
    O teu está um máximo, mas isso já nao é novidade ;)
    Feliz natal!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário