São prosas de um desistir...

Acordei com o cheiro da tua presença, com o perfume que um dia tivera ficado esquecido nos fantasmas do meu passado. Abri os olhos e tu não estavas, foi o rever da dor, o voltar a sentir uma falta que eu próprio já nem queria mais sentir. Limpei as lágrimas e abri a janela do quarto na esperança que todas as sombras vagueassem para fora daquela mesma divisão e eu voltasse, deste modo, a descansar um coração que parece desfeito pela recordação que infelizmente permanece tão agarrada em mim. Vesti uma roupa quente e voltei a sair de casa, peguei numa mochila, num caderno e fui para junto do mar, daquele lugar onde me encontro e me perco, onde vivo e deixo toda a frustração rasgada nas simples folhas em que escrevo. Hoje sinto o deslaçarar de um coração, o querer partir mas as forças faltam, os suspiros são sufocantes e o amor parece nem sequer renascer dentro deste meu peito, dentro desta minha história que já nem sabe em que capitulo se encontra. Penso no que perdi, no que afinal vou perdendo por este meu jeito de ser, de sentir para além destas palavras e de viver apenas de amor, de um amor tão distante de mim que me faz duvidar da sua existência, da sua forma tão peculiar de ser, em que uns vivem sem o sentir e depois quem, na verdade, dá tudo de si acaba por apanhar as migalhas, aquelas migalhas que acabam por não saciar, acabam por nos deitar a baixo. Na verdade nem sei mais se tudo isto vale a pena, se esta caminhada se expressa em sorrisos no rosto ou em feridas no coração, em escaras que permanecem agarradas a este coração que não as cicatriza, apenas colecciona mais umas tantas em cada dia que passa e a cada sonho que se perde sem mesmo ser vivido. Hoje apenas não quero mais escutar, não quero ler as palavras que saiem do coração porque neste dia sei que não falo de amor como sentido mas sim mais esquecido no meio das recordações desta vida que nem sonhos me deixa sonhar, nem amores me deixa viver. Fartei-me de palavras sem sentido, de sentimentos expressos por quem afinal nem os sabe ler quanto mais entender...


Comentários

  1. Obrigada por teres gostado e por seguires :)
    Eu também gosto muito do teu blog, entao a maneira como escreves...unica

    "em que uns vivem sem o sentir e depois quem, na verdade, dá tudo de si acaba por apanhar as migalhas, aquelas migalhas que acabam por não saciar, acabam por nos deitar a baixo." como eu compreendo isto. Mas nunca te arrependas de dar, os remorços tem que ficar em que recebe e nao em quem dá!
    E também nunca te esqueças que um dia irás ter quem será capaz de dar tudo por ti!

    ResponderEliminar
  2. Obrigada por teres gostado e por seguires :)
    Eu também gosto muito do teu blog, entao a maneira como escreves...unica

    "em que uns vivem sem o sentir e depois quem, na verdade, dá tudo de si acaba por apanhar as migalhas, aquelas migalhas que acabam por não saciar, acabam por nos deitar a baixo." como eu compreendo isto. Mas nunca te arrependas de dar, os remorços tem que ficar em que recebe e nao em quem dá!
    E também nunca te esqueças que um dia irás ter quem será capaz de dar tudo por ti!

    ResponderEliminar
  3. eu preciso tanto de bater em alguém, eu preciso tanto mas tanto :c

    ResponderEliminar
  4. ''Fartei-me de palavras sem sentido, de sentimentos expressos por quem afinal nem os sabe ler quanto mais entender...''
    gostei imenso!

    ResponderEliminar
  5. porque a minha vida nunca foi fácil, nunca mesmo. e, quando eu pensei que ia começar por haver coisas boas, de novo me acontece o mesmo. eu quero fugir, mas não tenho para onde ir.

    ResponderEliminar
  6. sabes uma coisa... às vezes as palavras faltam-me, faltam-me mesmo e nem por isso o sentimento desaparece e eu... eu gostava muito que isso acontecesse. mas, para este sentimento sair, ele tem que sair cá de casa, ele tem que me deixar, ele tem que me deixar viver a minha vida e procurar a felicidade de que tu tanto em falas porque sabes... eu nunca conheci a verdadeira felicidade, eu conheci um bocadinho dela como quando provas alguma coisa, como quando, oh, eu sei lá... mas se tu soubesses o que eu sei, o que a minha vida foi e o que me a minha vida é, tu ias perceber o quanto triste eu estou, ias perceber que eu, por muito incrível que pareça, preferia não te casa e ter alguém do que ter casa e não ter ninguém, como agora acontece.

    ResponderEliminar
  7. quase sempre foi outro alguém a personagem principal da minha história , talvez por isso elas nunca tenham tido um "happy ending" , agora será diferente , tenho de viver primeiro por mim e só depois vou poder viver por outra pessoa. Obrigado pelas palavras :*

    ResponderEliminar
  8. Vou admitir: emocionei-me a ler este post.
    Está tão cheio de emoção,que é impossível as lágrimas não me romperem dos olhos.
    Está muito bonito (embora triste) este post.
    Sabes,espero que consigas reunir as forças para seguir em frente. Uma pessoa como tu (pelo menos do que tenho andando a ler nos teus post) cheia de amor e carinho para dar,não merece ser magoado assim por alguém que não merece.

    beijinho*,e força,tu consegues!
    p.s-muito obrigado pelo comentário que deixaste. Nem sei como te agradecer por tudo!! =´)

    ResponderEliminar
  9. òh :$ Obrigada! É tão bom saber isso!
    obrigada mesmo!
    E deixa que eu te diga que amo todos os textos que escreves! Escreves com o coração! Isso eu sei!

    ResponderEliminar
  10. Não quero de todo, deixar-te com o canto do olho em lágrimas, quero que sorri-as e olha, que te encantes, já que dizes ser isso a verdade e olha, fico mesmo feliz por isso e espero que o que eu te digo também te deixe pois é simplesmente a verdade e oh, gosto imenso, tens um dom perfeito! Uma escrita enorme, e é destas que me completo. Obrigada mais uma vez! Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Boa noite Pedacinho(s), André,

    Parabéns pelo título do seu texto de hoje.
    As "coisas" estão a mudar e está no caminho certo.

    PÁRE DE SE LAMENTAR, POR QUEM NÃO MERECE!

    Já não tem laços no seu coração, o que é meio caminho andado.
    Não vou elogiar, e muito menos transcrever, as frases, que, inadvertidamente, ainda deixa escapar.

    AFINAL, ELA FEZ PARTE DE UM PASSADO.

    Mas, o passado fica para a História, como já tive oportunidade de lhe dizer.

    Estou farto de palavras e de sentimentos sem sentido e de pessoas inúteis no amor, diz isto, mais ou mernos. Muito bem. Nota 20.

    O HOMEM NÃO FOI CRIADO PARA SOFRER, MAS PARA SER FELIZ.

    Ponha no seu rosto um sorriso, O MAIS LINDO E GENEROSO, QUE TIVER, e parta rumo à vida, à felicidade.

    EU SEI, QUE ELA ESTÁ PERTO.
    SEJA FELIZ.

    Bom fim de semana.

    Beijos carinhosos de muita sinceridade e luz.

    PS: Um destes dias vou ler um texto lindo, SEU, em que percebe claramente, que perdeu tempo.
    Siga em frente, que atrás vem gente.

    ResponderEliminar
  12. Nossa meu amigo... senti em mim cada uma das suas palavras! Mas acredite: essa dor passa!

    ResponderEliminar
  13. era isso mesmo que queria transmitir e fico feliz que tenha conseguido! obrigada querido!

    ResponderEliminar
  14. awwww, que lindos os teus textos. Amei mesmo são lindos, puros, sinceros.....



    Estou seguindo<3

    ResponderEliminar

Enviar um comentário